Pau na moleira… da frente político-partidária-ideológica pró COVID-19

Quem bate é o neurologista Paulo Porto de Melo, ao encarar de frente a falange esquerdista que, sob o suporte de uma mídia atrelada a interesses estranhos, constitui o maior obstáculo, não somente no Brasil, porém no mundo, na luta contra a pandemia da COVID-19. Depois de ir ao Senado Federal, onde fez contundentes críticas à politização do assunto, pedindo que deixem em paz os médicos, profissionais aos quais cabe a decisão quanto ao tratamento, concedeu entrevistas sob o mesmo tema. Ele defende o tratamento precoce, usando medicamentos disponíveis, que funcionam bem no início da doença, evitando assim que o paciente necessite de internação. Outros médicos já haviam se pronunciado sem, contudo, abalar o esquema do pânico, porque teriam sido muito brandos, em contraste com a virulência das narrativas contrárias. Sem perder a linha educada, Porto de Melo se mostra contundente e ferino contra os lacradores, indo direto ao ponto para desqualificar todas as narrativas, que visam perturbar o trabalho na área da saúde e confundir a opinião pública.

Veja a palestra no Senado https://www.youtube.com/watch?v=wiHxpe8TM80

Esta entrada foi publicada em críticas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *