Governo do Amapá confirma a morte de duas crianças por sarampo no estado, uma na capital Macapá e outra no município de Pedra Branca do Amapari. Nos dois casos, as crianças não estavam vacinadas, pois a imunização começa apenas aos 6 meses e as crianças eram mais novas quando contraíram a doença.

Envio insumos para produção de vacina pela Fiocruz é antecipado

Comissão discute projeto que autoriza cultivo da Cannabis para uso medicinal

O caso na capital do estado ocorreu no dia 28 de março. Já a criança de Pedra Branca do Amapari era indígena e vivia em uma aldeia. Entre janeiro e maio deste ano, o Amapá registrou 320 casos de sarampo e se tornou o estado responsável por 80% dos casos do país em 2021. Óbitos por sarampo não ocorriam há pelo menos duas décadas no estado e o governo amapaense afirma que possui um plano de ação para combater o surto da doença nos municípios. 

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2021 foram registrados casos de sarampo em três estados: Amapá, Pará e São Paulo. O Brasil obteve o certificado de país livre de sarampo em 2016, mas perdeu o título em 2019.



Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *