A morte de Mozart Vianna, uma perda sem tamanho para o Congresso e os amigos

Foto de Orlando Brito

Durante o período da Constituinte, Dr. Ulysses jamais deixava de consultar e ouvir Mozart Vianna para dirimir dúvidas sobre o Regimento Interno da Casa. Sempre o consultava sobre a possibilidade legal das novas regras da Constituição. Por essa mesma razão, Michel Temer quando assumiu a Presidência da República no lugar de Dilma Rousseff, que sofreu impeachment, o levou para assessorá-lo no Planalto para garantir a justeza dos decretos, medidas provisórias etc que o governo propunha ao Congresso.

Mozart Vianna era a expressão da discrição e humildade. Começou no serviço público como datilógrafo mas, sem muito alarde, estudava com afinco para formar-se em Letras na Universidade de Brasília. Assumiu a Secretaria da Mesa da Câmara ainda nos tempos de Ulysses Guimarães. Os também presidentes da Câmara, Luis Eduardo Magalhães, Paes de Andrade, Henrique Alves, Inocêncio de Oliveira, Aécio Neves, Eduardo Cunha e outros jamais dispensaram os conhecimentos de Mozart. 

Doutor Morzart Vianna, que agora nos deixa aos 69 anos, era também a quem os colegas jornalistas, principalmente nos momentos de crise, buscavam ouvir para esclarecer dúvidas em nome da correção de suas matérias. Veja aí nessa foto que fiz ainda 2015, no Cafezinho do Plenário, cercado de repórteres.

Fonte: Brasil 61

Orlando BritoUm dos mais conhecidos e premiados fotógrafos do país, Orlando Brito nasceu em Minas e chegou a Brasília ainda menino, no início de sua construção, em 1956. Fez viagens por mais de 60 países, em coberturas presidenciais, papais e esportivas, como Copas do Mundo e Olimpíadas. Tem seis livros publicados e quatro outros no prelo. Recebeu vários prêmios, entre eles o Press Photo do Museu Van Gogh. de Amsterdã. Onze vezes Prêmio Abril de Fotografia. Bolsa da Fundação Vitae, de São Paulo, em 1991. Várias exposições individuais e obras no acervo de diversos museus do mundo.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *