Anvisa autoriza importação excepcional da vacina Sputnik V para mais sete estados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização para a importação excepcional da vacina Sputnik V pelos estados do Rio Grande do Norte,  Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás. Assim como a liberação para o Consórcio do Nordeste, a importação também deverá ser realizada sob condições controladas. Foram estabelecidas as mesmas responsabilidades e condicionantes aos requerentes.

As principais condições preveem que a vacina deverá ser utilizada apenas na imunização de adultos saudáveis e que todos os lotes dos imunizantes importados só poderão ser destinados ao uso após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Ministério da Saúde recebe novo lote com 1 milhão de doses da Coronavac

Covid-19: mais da metade dos municípios começaram vacinação por faixa etária

Além disso, a Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação benefício-risco da vacina; o imunizante deverá ser utilizado em condições controladas com condução de estudo de efetividade, e a agência poderá suspender a qualquer momento a importação, distribuição e uso das vacinas.

Também foram autorizados quantitativos reduzidos de doses a serem importadas para vacinação de 1% da população de cada um dos estados, o que permitirá o adequado monitoramento da Anvisa.



Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *