Setores do turismo, lazer e da pesca participam de oficina para elaboração do Plano Nacional de Recursos Hídricos

O Ministério do Desenvolvimento Regional promoveu a sexta e última oficina setorial para elaboração do Plano Nacional de Recursos Hídricos, que terá vigência no período de 2022 a 2040. 

Desta vez, o tema foi debatido por representantes dos setores do turismo, do lazer e da pesca, tanto da esfera governamental como da iniciativa privada. O evento contou com parceria da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, a ANA. 

Um dos pontos abordados durante o encontro foi o potencial brasileiro em relação ao turismo e às águas. Isso porque o país tem mais de 35 mil quilômetros de vias navegáveis e uma costa com mais de 8 mil e quinhentos quilômetros. 

A coordenadora-geral de Política e de Planejamento de Recursos Hídricos do MDR, Adriana Lustosa, apontou a importância de os setores estarem participando das discussões nas oficinas. 

“O objetivo é realmente ouvir os setores sobre o que é necessário para melhor integrar as políticas setoriais à política de recursos hídricos. Que ações são importantes para que o Plano Nacional de Recursos Hídricos contenha, quais as diretrizes para orientar os setores para uma melhor gestão das águas e uma melhor eficiência no uso da água.”

Para fechar o primeiro semestre, na próxima sexta-feira, dia 25 de junho, será realizado um debate on-line com membros da sociedade civil. Serão discutidos temas como gênero, juventude, povos indígenas e comunidades tradicionais e suas relações com o tema da água. 

Para mais informações sobre políticas e programas de segurança hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *