Covid-19: Butantan pede à Anvisa para incluir crianças e adolescentes de 3 a 17 anos na bula da CoronaVac

O Instituto Butantan solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta sexta-feira (30) a ampliação da faixa etária de indicação da vacina CoronaVac. A ideia é autorizar a aplicação do imunizante em crianças e adolescentes de três a 17 anos. 

A vacina já tem autorização da Anvisa para uso emergencial no Brasil e faz parte do Programa Nacional de Imunização (PNI) desde o início deste ano. O laboratório Sinovac e o Butantan precisam realizar estudos que demonstrem a segurança e a eficácia da CoronaVac para essa faixa etária. 

No Brasil, apenas a vacina da Pfizer recebeu sinal verde da Anvisa para aplicação em menores de 18 anos. No entanto, o Ministério da Saúde ainda está debatendo a inclusão de adolescentes entre os vacináveis. A Janssen, que também fornece vacinas para o país, foi autorizada pela Anvisa e já trabalha com estudos para ampliar o uso do imunizante entre os menores de 18 anos. 

Covid-19: Brasil registra 40.904 casos e 963 óbitos em 24h; Rio de Janeiro têm a maior taxa de letalidade do país

Posso doar sangue após tomar a vacina contra a Covid-19?

Covid-19: 60% da população vacinada faz mortes e casos caírem 40%

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *