AP: estoque dos tipos sanguíneos B e AB estão em estado de alerta, informa Hemoap

Os estoques sanguíneos B e AB positivos e negativos estão em estado de alerta, de acordo com o Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap).  O Hemoap informa que há cerca de 100 mil doadores de sangue cadastrados no sistema, mas que não são frequentes. A entidade assegura que  houve um aumento de 26% nas doações entre 2020 e 2021. 

No entanto, a população amapaense deve continuar ajudando a salvar vidas e contribuir para o armazenamento de sangue.  O Hemoap fica na capital, Macapá, na Avenida Raimundo Alvares da Costa, sem número, Central, telefone (96) 98811-0200.

Empatia

O advogado Eduardo Tavares, 38, repete o ato de doar há mais de 15 anos no Amapá. Ele considera que a iniciativa é um exercício de empatia, de se colocar no lugar do outro. Eduardo afirma que os hemocentros são os lugares menos perigosos e que estão cumprindo estritamente as medidas de biossegurança em relação à Covid-19. 
 
“É imprescindível mantermos os hemocentros com sua capacidade ativa, porque muitas pessoas que estão internadas precisam hora ou outra de transfusão de sangue. É uma experiência que alegra, porque com uma doação de meia hora a gente consegue salvar até quatro vidas com uma bolsa de sangue”, garante ele que mora no bairro Centro do Amapá e tem sangue O positivo.
 

 
Diante da necessidade de manter os hemocentros bem abastecidos, o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, vem mobilizando a população para procurar o hemocentro mais próximo de casa e doar sangue. “Vamos aproveitar essa oportunidade para reafirmar não só as ações de enfrentamento à pandemia, mas também a necessidade contínua de cumprir o preceito constitucional da saúde como direito fundamental. O sangue, ao longo do tempo, simboliza a vida. E nesse sentido, é importante a doação regular de sangue. Doe sangue regularmente, com a nossa união, a vida se completa”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Onde doar sangue no Amapá

O Hemoap possui uma unidade de coleta, localizada na capital, Macapá, Avenida Raimundo Alvares da Costa, sem número, Central. O telefone é o (96) 98811-0200. Procure-a e faça sua doação de sangue ou medula óssea. Para saber mais informações, veja o mapa abaixo. 

Critérios para doação de sangue e medula óssea

De acordo com a Coordenação-Geral de Sangue e Derivados do Ministério da Saúde, o procedimento para doação de sangue é simples. Primeiro se faz o cadastro, aferição de sinais vitais, teste de anemia, triagem clínica, coleta de sangue e depois o lanche. Isso tudo leva em média 40 minutos.
 
Vale lembrar que até mesmo quem foi infectado pelo coronavírus pode doar sangue e medula óssea. No entanto, é necessário aguardar 30 dias após completa recuperação da doença. Quem teve contato com pessoas infectadas também precisa esperar 14 dias para poder fazer a doação, apresentando RT-PCR negativo e ausência de sintomas. Já os vacinados, devem esperar o tempo de imunização que vai depender da marca do imunizante.
 
Para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade e pesar no mínimo 50 quilos. Mulheres podem doar até três vezes ao ano com intervalo de 3 meses entre as doações. Já os homens podem doar até quatro, com intervalo de 2 meses entre as doações. A doação é voluntária e uma bolsa de apenas 450mL de sangue pode ajudar até quatro pessoas.
 
Candidatos à doação de medula óssea devem ter entre 18 e 35 anos, estar em bom estado de saúde e não apresentar doença infecciosa ou incapacitante. Segundo o Redome, algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a caso.

Doar sangue e medula é seguro! Com a pandemia, todos os protocolos de contenção contra a Covid-19 estão sendo realizados. No dia da doação, será preciso apresentar documento de identificação com foto. Para saber mais sobre os critérios e restrições para doação de sangue e medula óssea, acesse hemoap.ap.gov.br

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *