Ministério da Saúde libera recursos para atendimento de caminhoneiros

Foto: Raylle Ketly / Sec. Saúde Feira de Santana

O Ministério da Saúde repassa cerca de R$ 1 milhão aos municípios para ações de atendimento em saúde aos caminhoneiros do país. A princípio, 35 municípios serão contemplados com valores mínimos de R$ 30 mil cada, por meio da Atenção Primária à Saúde. 

Covid-19: disseminação da variante Delta já supera meses iniciais da pandemia

As localidades escolhidas têm pontos de parada e descanso para motoristas de caminhões certificados pelo Ministério da Infraestrutura. A meta da ação do governo federal é aumentar o atendimento aos profissionais nos programas de saúde desenvolvidos pelos municípios, em prazo máximo de 12 meses.  

Os municípios contemplados com a verba deverão executar as ações em até 12 meses, a contar da data de recebimento dos recursos. A prestação de contas sobre a aplicação da verba deverá ser realizada por meio do Relatório Anual de Gestão. 

A portaria com a lista dos municípios contemplados foi publicada no dia 11 de agosto no Diário Oficial da União e o benefício pode ser ampliado a outras cidades. 

Confira lista dos municípios

  • Vilhena (RO)
  • Anapu (PA)
  • Benevides (PA)
  • Açailândia (MA)
  • São Luís (MA)
  • Altos (PI)
  • Lagoa do Piauí (PI)
  • Teresina (PI)
  • Cabrobó (PE)
  • Nossa Senhora do Socorro (SE)
  • Rosário do Catete (SE)
  • Feira de Santana (BA)
  • Itabuna (BA)
  • Frutal (MG)
  • Itatiaiuçu (MG)
  • Rio Manso (MG)
  • São Gonçalo do Sapucaí (MG)
  • Três Maria (MG)
  • Barra Mansa (RJ)
  • Porto Real (RJ)
  • Resende (RJ)
  • Rio de Janeiro (RJ)
  • Curitiba (PR)
  • Alegrete (RS)
  • Camaquã (RS)
  • Canoas (RS)
  • Caseiros (RS)
  • Gravataí (RS)
  • Ijuí (RS)
  • Osório (RS)
  • Passo Fundo (RS)
  • Santa Maria (RS)
  • Sarandi (RS)
  • Goiatuba (GO)
  • Brasília (DF)

Confira dos dados da Covid-19 na sua cidade aqui! 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *