Trabalhadores terão R$ 8,1 bi a mais nas contas do FGTS

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A Caixa teve lucro líquido de R$ 8,4 bilhões em 2020 e 96% deste faturamento serão distribuídos aos trabalhadores por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ao todo, cerca de R$ 8,1 bilhões vão ser depositados nas contas do fundo e o valor é suficiente para garantir a rentabilidade acima da inflação de 2020, que foi de 4,52%. 

Pequenas empresas podem se beneficiar com nova ferramenta para licitações do governo

Desperdício de água tratada pode ser reduzido com PL discutido na Câmara

AGROMINERAIS: Estudos devem alavancar commodities no Brasil

O saldo do FGTS atualizado com os lucros da Caixa poderá ser conferido a partir de 31 de agosto. O trabalhador vai poder acompanhar os reajustes por meio do site ou aplicativo do FGTS. 

O valor será calculado de acordo com o saldo do FGTS em 31 de dezembro do ano anterior e mais de 191 milhões de contas serão atualizadas. Em 2020, o FGTS distribuiu mais de R$ 7,5 bi aos trabalhadores e o valor correspondeu a 66,2% do lucro da Caixa em 2019. 

O pagamento dos lucros não muda as regras do saque do FGTS. A retirada do dinheiro só poderá ser realizada na aposentadoria, em demissões, compra da casa própria ou por doenças graves. Quem aderiu ao saque-aniversário pode retirar parte do saldo, mas perde o direito do valor integral do fundo em casos de demissões sem justa causa. 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *