Manifestações no 7 de Setembro devem reunir milhões de pessoas em todo o País

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Manifestantes pró e contra o governo vão às ruas neste 7 de Setembro em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e em outras capitais do País. Em Brasília, 14 grupos realizaram cadastro junto à Secretaria de Segurança Pública e irão manifestar apoio ao presidente Jair Bolsonaro neste feriado. 

São eles: Reaja Brasil, Coalizão Pró-Civilização Cristã-Coa, Marcha da Família Cristã Pela Liberdade, Manifestação Pacífica – Comemoração Do Dia Da Independência ONM (organização nacional dos movimentos), Dia da Nova Independência do Brasil, Manifestação em Celebração ao 7 de setembro, Pátria, Marcha pela Família, Voluntários da Pátria, Brasil Verde e Amarelo, Manifestação 7 de Setembro, Coalizão Pró-Civilização Cristã-Coa “Comemorações da Semana da Pátria”, Dia Anterior a Nova Independência do Brasil, Mobilização Nacional pela liberdade, Exposição de caminhões caçamba, Manifestação Pública.

O youtuber Emerson Teixeira, do movimento MotoAmigos Patriotas, é um dos manifestantes que vai às ruas da capital federal neste feriado em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele, o ato será maior do que os anteriores. “Essa, com certeza, é a maior manifestação que já teve na história do Brasil, então, com certeza, o público presente nesta terça-feira vai ser por volta de um milhão de pessoas. Espero que seja pacífica como as outras, é uma característica das manifestações pró- Bolsonaro.” Emerson acrescenta que o maior objetivo do ato é que “o presidente coloque freio nas arbitrariedades dos ministros do STF”. A concentração do grupo está marcada para às 08h30, na Torre de TV em Brasília, de onde segue para a Esplanada.

Já a concentração dos grupos contrários ao governo será ao lado da Praça das Fontes e está prevista para às 8h. “A previsão é que iniciem a caminhada a partir das 10h. Eles seguirão até o Museu dos Povos Indígenas, onde será feita a dispersão”, informou a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, por nota.

O policiamento foi reforçado em toda a região central, informou a SSP-DF, porém, não divulgou o número de policiais que estarão nas ruas, nem a expectativa de público, por questões de segurança. 

A via W3 até a Funarte, no Eixo Monumental, estará fechada para veículos a partir das 6h. A partir das 0h, a Esplanada será bloqueada entre a alça leste da Rodoviária do Plano Piloto até próximo à L4 Norte, no 1º Grupamento de Bombeiro Militar.

Movimentação em Hotéis e Rodovias

O aumento no número de reservas em hotéis já era esperado por conta do feriado, mas, segundo a Associação Brasileira de Indústria de Hotéis Nacional (ABIH Nacional), em Brasília e São Paulo a alta no número de hóspedes está diretamente relacionada às manifestações. Na capital paulista, a estimativa da taxa de ocupação, entre os dias 6 e 7, foi de 30% para 75%. No Distrito Federal, os hotéis da região central estão operando com quase 100% da capacidade até o dia 6 de setembro, véspera do feriado, e 80% no dia 7, comunicou a Associação.

Já o movimento nas rodovias de Brasília segue normal até então, segundo nota da Polícia Rodoviária Federal, com exceção da BR 060. “Nossos policiais têm monitorado o fluxo de caminhoneiros nas rodovias federais que dão acesso à Capital Federal. Foi observado um grande fluxo de caminhões chegando pela BR 060. Outras rodovias, sem alterações relatadas.”
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *