Anúncio de recursos federais movimenta abertura da Semana da Mobilidade

Foto: Ministério do Desenvolvimento Regional

Nesta segunda-feira (20), teve início a Semana da Mobilidade, que tem o objetivo de discutir aspectos relacionados ao tema e conscientizar a população sobre o assunto. Para isso, até a sexta-feira (24) serão realizadas atividades que deem visibilidade aos trabalhos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Serão debates sobre aspectos relacionados à mobilidade urbana, com participação de representantes de governo, entidades setoriais e academia. Todas as atividades serão transmitidas ao vivo pelo canal do MDR no YouTube.


 
Na cerimônia de abertura do evento, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, proferiu um discurso frisando as mudanças comportamentais da população. Segundo ele, ao longo dos anos a população tem se deslocado cada vez mais para os centros urbanos, reforçando não só a importância de se debater a questão da mobilidade urbana, como também da necessidade de investimentos no setor.
 
“A partir da década de 50 e de uma forma cada vez mais acelerada, o Brasil vem mudando o seu perfil, a exemplo de outros países do mundo. As populações rurais têm ido às cidades e isso gera toda a sorte de depressão sobre as administrações municipais”, observou.

Ensino remoto durante pandemia impactou alfabetização de crianças

BLOQUEADOS: 52 municípios não receberão parcela do FPM referente ao 2° decêndio de setembro
 
Além disso, o ministro reforçou que “é necessário termos alternativas racionais para que haja o deslocamento eficaz, com segurança, com regularidade e com conforto para as populações dos centros urbanos que precisam ir das suas residências para o trabalho ou para o lazer”, explicou.
 
A mobilidade urbana vai muito além do transporte do cidadão de um ponto para outro, destacou a secretária nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano substituta, Sandra Maria Holanda. “A mobilidade está totalmente associada a acesso a serviços de saúde, educação e à geração de empregos”, enfatizou.
 
Confira a programação completa aqui
 
Anúncios

Durante o evento, o ministro Rogério Marinho anunciou a assinatura de Decreto presidencial que institui o Fórum Consultivo de Mobilidade Urbana, publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20). O fórum prevê a junção de entidades do setor com o objetivo de avaliar os serviços de transportes públicos urbanos e de outras iniciativas na área de mobilidade.
 
Além disso, foi anunciado que a cidade de Almirante Tamandaré (PR) vai poder financiar até R$ 7,4 milhões em recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para investir em obras de qualificação viária, por meio do Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana.
 
O ministro também informou que Goiânia poderá investir até R$ 1 bilhão para a estruturação de melhorias no sistema de transporte público coletivo no Eixo Anhanguera. A capital foi pré-selecionada para aplicar os recursos em ações do Programa Avançar Cidades.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *