Dor no joelho: o que pode causá-la e como identificar

Foto: Reprodução/Canal Dr. Ajuda

É importante lembrar que o joelho é uma articulação de carga, grande parte das causas de dor nesse local tem relação com uma sobrecarga nessa articulação. Algumas coisas que você tem que identificar são como e onde é a dor? Quando e como ela começou? O que piora a dor? O joelho incha? Teve algum trauma? Vamos listar abaixo possíveis causas em dor no joelho:

Dores sem traumas:

  • Dor na infância: existe uma patologia bem comum da infância causada por excesso de atividade física associada a desequilíbrio muscular causando uma tração excessiva na inserção do ligamento patelar na tíbia causando esse quadro.
  • Dor na parte da frente do joelho também  é uma queixa muito frequente  e geralmente está relacionada a uma sobrecarga dessa região.
  • Problemas antigos do joelho: alguém que já teve problema no joelho devido uma batida, cirurgia, infecção, no passado  e anos mais tarde começaram a ter dor que foi piorando com o passar do tempo, é mais comum que estejamos diante da Artrose de joelho que é um desgaste progressivo da cartilagem do joelho e ocorre com frequência em pessoas com mais de 65 anos.

Dores após algum trauma:

É muito importante saber que tanto as batidas quanto as torções de joelho podem causar lesões muito mais graves e urgentes como a fratura quando o osso quebra e a luxação. Por isso, você deve procurar o Pronto Socorro quando:

  • A batida ou a torção for muito forte 
  • O joelho fica muito inchado e você não consegue nem mexer nem colocar o pé no chão
  • Existe alguma deformidade no joelho 
  • O pé está ficando escuro ou formigando 
  • Infecções no joelho o que chamamos de Pioartrites. 

CONTEÚDO PARA EMISSORAS DE RÁDIO: Nesta edição, você pode utilizar dois áudios sobre os seguintes temas:

  1. Dor anterior no joelho
  2. Osteoartrose de joelho

Para saber mais, assista ao vídeo do Dr. Ajuda sobre o assunto. 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *