Famílias de baixa renda recebem moradias do Governo Federal em Teotônio Vilela (AL)

Cerca de R$ 13,6 milhões foram investidos pelo Governo Federal nos módulos I e II do Residencial Dr. Marcelo Vilela. Foto: Dênio Simões/MDR

Nesta terça-feira (28), o Governo Federal entregou 200 moradias para famílias de baixa renda de Teotônio Vilela, em Alagoas. Mais de R$13 milhões foram investidos nos módulos I e II do Residencial Dr. Marcelo Vilela, que possui 400 unidades. Outras 200 casas (módulos III e IV) estão previstas para serem entregues na segunda quinzena de outubro.


 
A dona de casa Girlene Amorim, 30 anos, recebeu uma das 200 casas entregues pelo MDR. “Meu sonho era ter um lar, ainda mais com uma filha pequena de dois anos. Agora não terei mais preocupações de pagar aluguel e amanhã mesmo já posso abrir a porta e falar que esta casa é minha e da minha filha”, disse.

FPM: recursos podem ser investidos em infraestrutura municipal com ampliação de empregos, mais saúde e escolaridade para a população

Saiba como baixar o aplicativo Caixa Tem e solicitar empréstimos de até mil reais
 
Durante a solenidade de entrega das chaves, o presidente Jair Bolsonaro ressaltou a importância de garantir moradia a quem mais precisa. “Eu fico imaginando a alegria das pessoas ao receber a chave da casa própria. O sentimento de garantia é muito grande e isso não tem preço”, afirmou.
 
O residencial conta com casas de dois quartos e infraestrutura completa de água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem. Segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, essa estrutura é a realização de um sonho para a população.
 
“Viemos, mais uma vez, levar dignidade às famílias brasileiras, que passarão a viver em um imóvel próprio. Essas moradias que estamos entregando são muito mais do que concreto, muito mais do que cimento. O que temos são sonhos realizados, respeito ao orçamento público e cidadania à população”, destacou.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *