Praia Grande (SP): 256 moradias a famílias de baixa renda

Foto: Família de baixa renda beneficiada com a entrega de imóvel de um dos módulos V e VI do Conjunto Habitacional Jardim Imperador/MDR

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) entregou, nesta quinta-feira (30), 256 moradias a famílias de baixa renda da cidade de Praia Grande, no litoral de São Paulo. Presente à cerimônia de repasse das chaves dos módulos V e VI do Conjunto Habitacional Jardim Imperador, o secretário nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, destacou a importância de proporcionar moradia digna às famílias mais vulneráveis. 

“Estamos aqui para cumprir uma determinação do presidente Jair Bolsonaro de levar todas as obras até o fim e retomar as paralisadas. Estamos cumprindo as promessas e cuidando das pessoas, sobretudo aquelas menos recursos”, afirmou o secretário.

O investimento federal nos imóveis entregues nesta quinta-feira foi de R$ 24,3 milhões, por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), com uma contrapartida de R$ 7,7 milhões do governo estadual. O terreno foi doado pela Prefeitura municipal.

José Teixeira Rodrigues, 56 anos, é um dos beneficiados com a casa nova. Ele vai morar com a mulher,  ngela, e os dois filhos, Gael e Davi Lucas. “Eu esperava por isso há quase cinco anos. Hoje é o dia mais feliz da minha vida. Eu vim de uma família sofrida, trabalhava na roça e ter uma casa bonita com esta, ver meus filhos crescerem numa moradia assim, é muita emoção”, comemorou.

Os módulos V e VI do Conjunto Habitacional Jardim Imperador contam com casas de dois pavimentos e três metragens diferentes: 55,67 m²; 66,15 m² e 66,65m². No total, cerca de 1 mil pessoas foram beneficiadas com a casa própria.

“Desde 2013 espero por esta casa, mas Deus fez tudo certo, no tempo dele. É uma emoção muito grande. Eu morava numa casa cedida e agora consegui a minha. Vida nova com minha família e meus filhos”, projetou Fernanda dos Santos, 31 anos, nova moradora do condomínio.

No total, o Conjunto Habitacional Jardim Imperador é composto por quatro condomínios, totalizando 436 unidades. Os módulos III e IV foram inaugurados em fevereiro e maio deste ano e contam com 90 moradias cada.

Casa Verde e Amarela

Empenhado em reduzir o déficit habitacional, o Governo Federal retomou obras, ampliou o programa nacional de Habitação – o Casa Verde e Amarela – e rompeu, em junho deste ano, a barreira de 1 milhão de unidades entregues à população desde 2019.

O Programa Casa Verde e Amarela, que completou um ano em 25 de agosto, avançou no combate ao déficit habitacional por atuar em diversas frentes. Além da produção de casas e apartamentos, também inclui regularização fundiária, melhoria de residências e há outras ações em estudo, como a locação social.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *