BH promove evento de preparação para Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima

Emissão de gases por fábrica. Foto: Arquivo/EBC

Entre esta segunda-feira (4) e o dia 8 de outubro de 2021, a capital mineira será palco da Semana do Clima: Belo Horizonte rumo à COP26. Trata-se de uma preparação para a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima – evento que ocorrerá em novembro, em Glasgow, na Escócia.

Segundo o diretor de Relações Internacionais da prefeitura, Hugo Salomão, o evento em BH integra a plataforma consolidada de agendas, eventos e ações municipais que mobilizam esforços para dar centralidade à agenda climática e engajar agentes públicos e sociedade civil no debate e implementação das ideias na capital.

“Começamos o engajamento para que pudéssemos trazer para Belo Horizonte um pouco dessa pauta e pudéssemos discutir, a nível local, como melhor implementar essas agendas e identificar princípios, diretrizes e caminhos a serem seguidos, para que Belo Horizonte possa estar a frente nesse processo implementação de economia de baixo carbono, e de redução de gases de efeito estufa”, explica.

Primeiro fim de semana de outubro é marcado por temporais que devem se estender ao longo da semana em boa parte do país

Marco legal dos micros e minigeradores de energia estabelece cobrança de tarifa para geração própria de energia no Amazonas

Durante a programação, o município vai reunir mais de 50 painelistas. Entre eles estarão representantes de governos, organizações nacionais e internacionais, por exemplo. Todos debaterão projetos, ações e experiências sobre mudanças climáticas.

Participantes

A Semana do Clima em Belo Horizonte vai contar com a presença de titulares das secretarias municipais de Meio Ambiente (SMMA); de Planejamento, Orçamento e Gestão (SMPOG); de Obras e Infraestrutura (SMOBI), de Desenvolvimento Econômico (SMDE), de Fazenda (SMFA); de Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), entre outros.

Das organizações internacionais, devem participar representantes da ONU, União Europeia, WWF, Metrópolis e ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade) -, cidades estrangeiras – como Medellín, Manchester e Cidade do México.

Os envolvidos vão expor suas experiências nos eixos temáticos que compõem a programação oficial da COP 26: natureza; energia; gestão de resíduos; infraestrutura e gestão de riscos; economia e finanças; mobilidade e transporte; e juventude, gênero e participação.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *