AP: Tecnologia 5G pode melhorar qualidade de vida nos 16 municípios do estado

Tecnologia 5G. Foto: Pixabay (Pexels)

O Amapá possui 16 municípios e todos possuem internet via satélite distribuída de forma gratuita. Ao todo, são 185 pontos de internet instalados entre todas as cidades na tentativa de garantir conectividade para a população mais carente – a fim de que possam ter acesso a aplicativos do governo, conectar equipamentos usados no campo, além de fortalecer o ensino à distância. 



Entre esses pontos, 87 estão distribuídos em localidades rurais, distantes da sede municipal. Além disso, 79 pontos de inclusão estão ativos em escolas da rede pública. Esse serviço faz parte do programa Wi-Fi Brasil, do Governo Federal, que tem objetivo de ser uma rede para conhecimentos e ferramentas digitais. Por isso, a chegada da tecnologia 5G ao Brasil pode causar um impacto positivo na vida dessas pessoas que dependem desse tipo de conexão. 

Segundo o deputado federal Vitor Lippi (PSDB-SP), que foi relator no Grupo de Trabalho da Câmara dos Deputados destinado a acompanhar a implementação da tecnologia 5G no país, os investimentos alavancados com o leilão do 5G vão provocar um impacto econômico e social considerável. Para o parlamentar, a medida vai contribuir, sobretudo, para o desenvolvimento dos municípios. 

Até 2025, 400 cidades vão ter pontos de coleta de lixo eletrônico

Marília Mendonça é sepultada sob forte comoção em Goiânia

“Hoje, temos uma pequena parcela do agro sendo atendida, e entendemos que esse leilão tem outra característica. Empresas estarão atendendo as grandes e médias cidades do Brasil e, ao mesmo tempo, trata-se de um leilão para aquelas empresas locais, que poderão trabalhar nas cidades de menor porte, de até 30 mil habitantes, na zona rural”, explica. 

Para chegar a toda a população, a nova tecnologia de transmissão ainda vai demandar das empresas de telefonia investimentos em equipamentos para que o sinal alcance todo o país. O planejamento do Governo Federal é que todas as capitais brasileiras tenham 5G até meados de 2022 e o país inteiro até 2028. 

Na avaliação do presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Nogueira Calvet, a revolução tecnológica causada pelo 5G deve impactar sobretudo o setor produtivo. “Terá um impacto, creio eu, até muito maior para as empresas. Porque o 5G é uma tecnologia que vai permitir a comunicação não somente entre as pessoas, mas sobretudo, entre máquinas. É máquina conversando com máquina, é máquina conversando com a infraestrutura”, explicou.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *