Vale e Posco assinam memorando para buscar soluções de baixo carbono em siderurgia

Sustentabilidade - Foto: Divulgação

A Vale assinou um Memorando de Entendimento com a Posco em que as empresas vão buscar oportunidades para desenvolver soluções para a siderurgia focadas na redução das emissões de CO2.

Vale e Posco querem desenvolver soluções para descarbonização para a siderurgia e debatem os caminhos adequados, utilizando o amplo portfólio de produtos da mineradora, incluindo produtos de minério de ferro de alta qualidade, como pelotas, finos e briquetes, como uma solução potencial para reduzir o consumo de combustíveis fósseis, que visam trazer uma contribuição para a Posco alcançar a neutralidade de carbono no processo de produção integrada de aço até 2050.

Marcello Spinelli, vice-presidente executivo da Vale, Minério de Ferro, e Hagdong Kim, Head da Unidade de Negócios de Aço da Posco, participaram da cerimônia de assinatura virtual do Memorando de Entendimento, na última quinta-feira (4). “A indústria siderúrgica e de mineração já estão em transformação para desenvolver soluções de baixo carbono, e estamos felizes em estar com a Posco nesta jornada”, disse Spinelli.

Produção Mineral Baiana Comercializada cresceu 36% em setembro

Amarillo Gold iniciará construção da linha de transmissão que fornecerá energia elétrica para o projeto da mina de Posse

Minério de Ferro: exportações têm ligeira queda em setembro

O caminho para descarbonização será fundamental para cumprir as metas do Acordo de Paris e entregar um legado à sociedade e ao planeta. “A Vale está bem posicionada para liderar a indústria com nosso portfólio de classe mundial e de alta qualidade e com tecnologias inovadoras.”

Já o executivo da Posco afirmou que a Vale e a siderúrgica têm o objetivo de alcançar a neutralidade em carbono até 2050. “É importante a responsabilidade social que devemos cumprir como membros da sociedade. Em vez de tentarmos sozinhos, se trabalharmos juntos, criaremos mais sinergia. Ao assinar o memorando, espero uma maior sinergia entre a Vale e a Posco em direção à neutralidade de carbono.”

A iniciativa contribui para que a Vale alcance o compromisso de reduzir 15% as emissões líquidas de Escopo 3 até 2035. Além disso, a Vale quer diminuir as emissões absolutas de Escopo 1 e 2 em 33% até 2030 e alcançar neutralidade até 2050, em linha com o Acordo de Paris, liderando o caminho em direção à mineração de baixo carbono.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *