Em Parnamirim (RN), 256 apartamentos são entregues a famílias de baixa renda

Mais de mil pessoas de baixa renda foram beneficiadas com a entrega do Residencial Irmã Dulce II. Fotos: Adalberto Marques/MDR

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta sexta-feira (3), em Parnamirim, no Rio Grande do Norte, 256 moradias a famílias de baixa renda. O Residencial Irmã Dulce II recebeu R$ 17,3 milhões em investimentos federais e vai beneficiar mais de mil pessoas com a casa própria.

Os apartamentos têm 47,8 m² de área útil e contam com infraestrutura completa, com distribuição de água, sistema de esgoto, iluminação pública, energia elétrica, pavimentação e drenagem. O Residencial Irmã Dulce é composto por três módulos de 256 unidades cada, totalizando 768 moradias. O módulo III foi entregue em setembro de 2021.

Para o ministro Rogério Marinho, o Programa Casa Verde e Amarela tem um propósito diferenciado. “Realizar entregas habitacionais é sempre muito emocionante. Estamos combatendo o déficit habitacional, que é enorme em todo o País, e realizando sonhos. E este é o nosso foco. Dar continuidade às obras paralisadas e entregar à população brasileira empreendimentos e infraestruturas de qualidade, oferecendo uma vida digna a quem mais precisa”, afirma.

A auxiliar de cozinha Egilania Sabino (foto ao lado) foi uma das beneficiárias com a nova moradia. “Sempre sonhei em ter um espaço para meus filhos. Nunca morei numa casa com dois quartos, com cozinha e agora vou arrumar o que é meu. Estou muito feliz. Vou morar na minha casa com meus filhos, na minha casa própria”, comentou.

O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, ressaltou que entregar casas é realizar sonhos almejados durante muito tempo. “Estamos aqui realizando sonhos de dez anos atrás, pessoas que estavam na fila esperando e hoje conseguimos realizar. As pessoas que realmente foram escolhidas é porque precisam da moradia”, reforçou.

Ministério da Cidadania

Além das entregas do MDR, o ministro da Cidadania, João Roma, esteve presente nas agendas inaugurando a estação da cidadania, que teve investimentos de R$ 4,2 milhões e conta com um ginásio poliesportivo com quadra coberta e externa, além de salas estruturadas e adaptadas para receber paratletas. A unidade vai ofertar, a partir da próxima semana, aulas de judô, futsal, basquete e ginástica rítmica para crianças e jovens de 09 a 15 anos.

João Roma também assinou termo de liberação de R$ 1,3 milhão para dar continuidade à terceira parcela do Programa Cisternas. Fruto da parceria entre o Ministério da Cidadania e a Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do Rio Grande do Norte, o projeto tem como objetivo a implantação de 976 barragens subterrâneas.

O ministro da Cidadania assinou, ainda, termo de compromisso para a construção de um Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) em Parnamirim, no valor de R$ 620 mil. O Creas é uma unidade pública da Assistência Social que atende pessoas que vivenciam situações de violações de direitos ou de violências.

Casa Verde e Amarela

Empenhado em reduzir o déficit habitacional, o Governo Federal retomou obras, ampliou o programa nacional de habitação – o Casa Verde e Amarela – e rompeu, em junho deste ano, a barreira de 1 milhão de unidades entregues à população desde 2019.

Fonte: Brasil 61

COVID-19: Brasil vacina 80% da população alvo com duas dosesBloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade
Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.