5 dicas para você economizar na compra de uma moto

Para muitos brasileiros, adquirir uma moto é um sonho a ser realizado. Para outros, é um veículo mais fácil de ser comprado, mas que ajuda bastante nos deslocamentos no dia-a-dia, podendo ser usado também em viagens.

Porém, mesmo sendo mais baratas que os carros, as motos requerem um planejamento financeiro por parte dos consumidores, seja na hora da compra, seja na manutenção e no uso diário.

Neste artigo, vamos te dar dicas de como economizar antes, durante e após a aquisição da sua moto.

Moto: sonho do veículo próprio

O Brasil possui uma das maiores frotas de motocicletas do mundo. Já são quase 30 milhões de veículos, considerando motos convencionais e motonetas.

Para muitos, elas representam a primeira chance de pilotar seu próprio veículo e um ganho considerável de mobilidade, principalmente nas cidades grandes.

As motos apresentam diversas vantagens em relação a outros veículos, como:

  • Custo menor para adquirir
  • Menos gasto com combustível
  • Manutenção mais em conta
  • Menos poluição
  • Mais agilidade no trânsito
  • Mais fácil de estacionar

Veja também: Empinar moto pode dar multa?

5 dicas para economizar ao comprar uma moto

Como você pode ver, as motos são uma opção barata, versátil e mais fácil de manter. Ainda assim, é preciso estar atento aos custos que a sua aquisição pode acarretar.

Sem um adequado planejamento financeiro, esses custos podem comprometer o seu orçamento. É por isso que separamos 5 dicas de economia para quem vai comprar ou já comprou uma moto.

Analise o orçamento disponível

Antes de adquirir um bem de grande valor, é preciso realizar uma avaliação cuidadosa do seu orçamento, analisando quais são as suas capacidades financeiras. E quando se trata de adquirir uma moto esse planejamento também é importante.

Coloque no papel todos os seus ganhos, suas despesas e suas dívidas. Com base nessas informações, reflita sobre o quanto você poderá pagar numa moto.

Você será capaz de pagar à vista ou terá que parcelar? Poderá usar um dinheiro que você já possui, deverá poupar ou recorrerá a crédito? E como cobrirá os demais custos da moto, como emplacamento, documentação, impostos e combustível?

Você terá que considerar todos os custos futuros com a moto e compará-los com seu orçamento atual.

Pesquise modelos e marcas diferentes

Para economizar é preciso pesquisar. No caso de comprar uma moto, você deve pesquisar diversos modelos e marcas, a fim de encontrar aquela que se encaixa melhor nas suas necessidades e no seu orçamento.

Ou seja, o preço não é o único fator a ser avaliado, devendo-se considerar também como a moto será utilizada e as características do comprador. Por exemplo, caso você não tenha experiência pilotando moto, recomenda-se optar por um modelo mais simples de pilotar e mais barato, considerando-se a maior possibilidade de acidentes.

Caso você vá pilotar apenas no ambiente urbano, um modelo mais simples também é adequado. Mas se for para usar em viagens longas ou fora da cidade, um modelo mais robusto trará mais segurança e potência.

Deve-se escolher, também, se a moto será nova, semi nova ou usada. Os modelos mais novos têm menor custo de manutenção, mas desvalorizam mais rápido. Modelos usados, por seu lado, costumam ser mais baratos.

Saiba os meios de pagamento disponíveis

Essa é outra etapa de grande importância. Você deve escolher qual será a forma de pagamento da moto, considerando tanto os custos do veículo, como a sua capacidade financeira.

Se você deseja comprar à vista, o custo de aquisição deve ser menor que a sua reserva financeira. Ou seja, não gaste todo o seu dinheiro comprando à vista! O melhor é dar uma entrada e parcelar ou financiar o restante.

Caso opte por parcelar no cartão de crédito, o valor da compra também deverá caber no seu limite. Esteja atento à taxa de juros que será cobrada e não atrase o pagamento da fatura.

Caso opte por um financiamento, a taxa de juros também será um fator importante, além do número de parcelas escolhido. Lembre-se que, quanto mais parcelas, maior a taxa.

Por último, você pode optar por um empréstimo, mas ele deve ter condições mais vantajosas que as demais alternativas indicadas. Empréstimos mais aconselháveis são:

É possível, por exemplo, colocar sua moto atual como garantia para o empréstimo e continuar usando ela, juntamente com a nova.

Corte pequenos gastos diários

Independente do modelo e da forma de pagamento escolhidos, você certamente terá que fazer ajustes no seu orçamento, seja para adquirir, seja para manter a moto funcionando.

Estabeleça uma meta de poupança para cada mês e faça cortes sobre aqueles gastos que não são essenciais, como: refeições fora de casa, roupas, eletrônicos, jóias, pacotes caros de internet, streaming e telefone, etc.

Também considere arranjar novas fontes de renda, como um aumento de salário no seu emprego atual, horas extras, trabalhos como freelancer, revender alguns bens, etc.

Separe um valor para gastos com o veículo

Esse é um aspecto que muitas pessoas ignoram na hora de adquirir uma moto. Afinal, os seus custos vão bem além do preço da moto em si. Você deverá arcar com:

  • Itens de segurança, como capacete, luvas e jaqueta apropriada
  • Emplacamento, IPVA e outras taxas, caso seja um modelo zero-quilômetro
  • Procedimento de transferência do veículo, caso seja usado
  • Combustível
  • Revisão e consertos
  • Etc.

Pesquise quanto sairão todos esses custos e separe, desde já, uma reserva para os gastos iniciais. O gasto com combustível, com peças de reposição e outros itens vai variar conforme o modelo escolhido.

Planejamento financeiro para manter

As dicas que demos aqui serão muito úteis para você economizar e também escolher a moto mais adequada, de acordo com suas preferências e sua realidade financeira.

Porém, o planejamento financeiro também será útil depois que você já tiver sua moto, considerando-se todos os custos de manutenção que já apontamos.

Isso demonstra a importância de se estudar e colocar em prática os conceitos de educação financeira. No blog Juros Baixos você poderá encontrar diversos conteúdos deste tema.

Metadescription:

Veja estas dicas e economize com a sua própria moto.

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em Finanças. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.