Covid-19: quase 190 mil piauienses ainda não receberam o reforço da vacina

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Quase 190 mil piauienses ainda não receberam o reforço da vacina contra a Covid-19. Além disso, cerca de 250 mil não tomaram a segunda dose. De acordo com o secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, este não é o momento de baixar a guarda e o estado precisa se mobilizar para completar o esquema vacinal.


 
“Nós não podemos parar, nós temos que continuar. O que nós pedimos no momento é que cada município possa identificar no sistema quais pessoas receberam a primeira dose e não voltaram para a aplicação da segunda dose, que nós possamos fazer uma busca ativa. Ir ir ao encontro dessas pessoas e garantir ali porque nós não podemos parar um minuto nessa luta contra a Covid-19”, apela o secretário.
 
Para a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, a vacinação é importante no atual contexto da pandemia.

“A variante veio também para nos ensinar, que quando nós estávamos achando nós observamos isso no Brasil inteiro, já estava um pouco arrefecidos, né? Alguns deixando as máscaras, se aglomerando, relaxando, ela veio mostrar que nós ainda precisamos. A pandemia não acabou, de fato a pandemia não acabou, ela não está como estava, não vamos envolver estresse pós-traumático, mas precisamos estar alertas e ser prudentes”, conclui.
 
A vacina está disponível em todo o estado para jovens e adultos a partir de 12 anos. E o reforço para quem tem mais de 18 anos e já tomou a segunda dose ou dose única há quatro meses.

Anvisa aprova venda e uso de autotestes para detecção da Covid-19

Para estimular a população a completar o ciclo vacinal, o Ministério da Saúde promove ações de imunização em massa. A estratégia de oferecer a terceira dose funciona como um auxílio para manter os anticorpos em níveis suficientes para combater a Covid-19.

Além da vacina, a orientação é manter com os cuidados sanitários como usar máscara e álcool gel, manter o distanciamento mínimo necessário e os ambientes ventilados.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *