Covid-19: mais de 9 milhões de doses contra a doença foram aplicadas em todo o Maranhão

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

No Maranhão, pouco mais de 870 mil pessoas tomaram a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Em se tratando da segunda dose ou a dose única, mais de 3 milhões e 900 mil de doses foram aplicadas. Dentre os municípios que estão atrasados estão Bom Jesus das Selvas, Itaipava do Grajaú, Matões do Norte, São Roberto e Trizidela do Vale. O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, faz um apelo à população.

“Eu faço um apelo a todo mundo que não vacinou ou se vacinou pela metade. Se você tomou a primeira dose e não tomou a segunda, vá tomar a segunda. Tomou a segunda e não tomou a terceira, vá tomar a dose de reforço. Não tomou ainda? A gente tem vacina para você. 80% das nossas internações por Covid hoje se dão nos não vacinados. O único meio de a gente vencer a pandemia é com todo  mundo se vacinando.” 

A  secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do  Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, explica que a vacinação é importante no atual contexto da pandemia. 

“A variante veio também para nos ensinar, que quando nós estávamos achando – nós observamos isso no Brasil inteiro, já estava um pouco arrefecidos, né? Alguns deixando as máscaras, se aglomerando, relaxando, ela veio mostrar que nós ainda precisamos. A pandemia não acabou, de fato a pandemia não acabou, ela não está como estava, não vamos envolver estresse pós-traumático, mas precisamos estar alertas e ser prudentes”

A vacina está disponível em todo o estado para jovens e adultos a partir de 12 anos. E o reforço para quem tem mais de 18 anos e já tomou a segunda dose ou dose única há quatro meses. 

Covid-19: menos de 60% da população de RR, AP, PA e MA tomaram as duas doses da vacina

Ministério da Saúde inclui crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19

Covid-19: pode tomar a vacina gripado?

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *