Últimos dias de verão: tempo quente, úmido e com chuva em praticamente todos os estados do país

 Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O verão termina em pouco mais de uma semana, no dia 20 de março, e os últimos dias da estação serão de sobe e desce nas temperaturas. O frio já deve começar a aparecer em algumas cidades. 

Nas próximas semanas, as chuvas devem aparecer na Região Nordeste, principalmente entre o Maranhão, Pernambuco e de forma mais fraca no litoral da Bahia. Na Região Norte, principalmente no Pará, Amazonas e Acre a temperatura oscila e a máxima pode chegar a 34 e 35 graus.

Já na Região Centro Oeste, o tempo segue instável até a metade da semana, os principais volumes de chuva ficam entre Mato Grosso e Goiás, e de forma pontual no Distrito Federal e Mato Grosso do Sul. Atenção para chuva forte, pode provocar transtornos em algumas áreas.

A Região Sul continua com tempo frio, com possibilidade de queda de granizo. Chuva entre o Paraná e Santa Catarina e norte e nordeste do Rio Grande do Sul. As temperaturas que estão baixas, a partir de terça-feira (15) começam a subir  e voltam para casa acima dos 30 graus.

As chuvas ficam concentradas entre São Paulo, triângulo e sul de Minas Gerais e pontualmente no Rio de Janeiro. Atenção, por ser uma região complicada devido a sua geografia, cuidado com deslizamentos no litoral e região metropolitana de São Paulo, região sul mineira e da zona da mata mineira.

O TEMPO E A TEMPERATURA: Risco de temporais na Região Sul nesta segunda-feira (14)

O TEMPO E A TEMPERATURA: Tempo segue instável na Região Sudeste neste segunda-feira (14)

O TEMPO E A TEMPERATURA: Semana começa com chuva em boa parte da Região Centro-Oeste

O TEMPO E A TEMPERATURA: Chuva em boa parte da Região Nordeste nesta segunda-feira (14)

O TEMPO E A TEMPERATURA: Semana começa com chuva na Região Norte nesta segunda-feira (14)

Segundo o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Olívio Bahia, os moradores dessas regiões devem ficar alertas nesses próximos dias. “A gente sempre pede à população que redobre a atenção porque são áreas de risco, áreas muito povoadas e qualquer chuva mais intensa pode provocar não só alagamentos, mas deslizamentos de terra”, explica. 

Ainda sobre a Região Sudeste, o volume de chuva deve ser menor no centro norte de Minas Gerais e Espírito Santo.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *