Cerca de 59 milhões de brasileiros ainda não tomaram a dose de reforço contra a Covid-19, aponta Ministério da Saúde

Foto: Agência Brasil

Cerca de 59 milhões de brasileiros estão aptos a tomar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19, mas ainda não voltaram às unidades de saúde para receber o imunizante. É o que diz o Ministério da Saúde em seu levantamento mais recente sobre a co

bertura vacinal no país. 

Até sexta-feira (18), 62,3 milhões de brasileiros acima dos 18 anos tinham tomado a dose de reforço contra a Covid-91. Isso significa apenas 39% do público-alvo. Ou seja, 61% dos brasileiros estão com o esquema vacinal contra o novo coronavírus incompleto. 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirma que é importante manter o esquema vacinal atualizado. “Preciso pedir a colaboração de cada um para que levem aqueles que vocês conhecem que não tomaram a segunda dose de vacina para tomar a segunda dose e aqueles que ainda não tomaram a dose de reforço, procurem tomar. Só assim nós vamos ser efetivos em evitar formas graves dessas doenças que, além de pressionar nossos hospitais, podem levar à morte”, destaca. 

Em número absolutos, São Paulo é o estado com mais pessoas com a dose de reforço atrasada: 15,7 milhões. Em seguida, vem Minas Gerais, com 5,3 milhões, e Rio de Janeiro, com 4,9 milhões. 

Brasil alcança marca de 460 milhões de vacinas distribuídas e já tem doses para vacinar todas as crianças de 5 a 11 anos

Terceira dose de vacina da AstraZeneca aumenta significativamente anticorpos contra variante Ômicron, diz estudo

Autotestes de Covid-19 começam a ser vendidos nas farmácias

De acordo com o Ministério da Saúde, quem tomou a segunda dose da vacina há mais de quatro meses já pode voltar à unidade de saúde para receber a dose de reforço (ou terceira dose) do imunizante. Matheus Nobre, 28 anos, já está apto a receber a dose de reforço desde 18 de fevereiro. No entanto, ele diz que a rotina corrida do dia a dia e o esquecimento do prazo para voltar ao posto de saúde ajudaram a desajustar o esquema vacinal.

“Infelizmente, ainda não fui tomar. Não tomei ainda porque não lembrei por causa da correria do dia a dia. Fiquei muito empolgado nas duas primeiras doses, assim que liberou eu fui tomar, mas a de reforço não fui, porque não lembrei, mas estou me organizando para ir na próxima semana”, diz. 

Balanço
Segundo o Ministério da Saúde, o avanço na vacinação ajudou a arrefecer o cenário pandêmico. A pasta indica queda de 32% na média móvel de casos e 29% na média móvel de óbitos, em comparação com os últimos 14 dias. Atualmente, 91% da população acima de 12 anos tomou a primeira dose da vacina, 84,4% desse mesmo público completou o esquema vacinal.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *