ALAGOAS: Defesa Civil Nacional segue apoiando cidades afetadas por chuvas

Foto: MDR/divulgação

A Defesa Civil Nacional segue apoiando as cidades alagoanas afetadas pelas fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias. Nesta terça-feira (5), o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, e integrantes da Defesa Civil estadual sobrevoaram seis dos municípios mais castigados p

elo desastre: Rio Largo, Capela, Cajueiro, Viçosa, Pilar e Marechal Deodoro.

Após o sobrevoo, o secretário seguiu para a Defesa Civil de Maceió, onde foi instalado um gabinete de crise para ajudar os municípios na solicitação de recursos federais para ações de socorro e assistência humanitária, a partir do cadastramento no Sistema Integrado de informações sobre Desastres (S2iD). Outros dois gabinetes de crise foram instalados nas cidades de Viçosa e União dos Palmares e vão permanecer ativos até que a situação seja normalizada.

A Defesa Civil Nacional também começou a fazer capacitações por videoconferência dos municípios mais distantes, além de intensificar o trabalho com técnicos de engenharia para agilizar a liberação de recursos para a reconstrução de infraestruturas públicas danificadas.

Também nesta terça-feira, foi realizada mais uma reunião virtual com os órgãos que compõem o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec). Participaram representantes dos ministérios do Desenvolvimento Regional, da Defesa, da Saúde e da Cidadania; da Agência Nacional de Telecomunicações; da Polícia Rodoviária Federal (PRF); da Pátria Voluntária e da Subchefia de Articulação e Monitoramento da Casa Civil para alinhar as próximas ações de apoio ao estado.

Na segunda-feira (4), foi reconhecida a situação de emergência em 15 municípios alagoanos atingidos pelas fortes chuvas: Atalaia, Branquinha, Cacimbinhas, Cajueiro, Capela, Limoeiro de Anadia, Murici, Pão de Açúcar, Paulo Jacinto, Santana do Mundaú, São José da Laje, Satuba, Taquarana, União dos Palmares e Viçosa.

As Forças Armadas e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já foram acionadas para ajudar no resgate de vítimas em comunidades isoladas, assim como equipes dos ministérios da Saúde e da Cidadania para apoiar na gestão de alojamentos provisórios para famílias desabrigadas e na compra de insumos básicos.

Desde o início das chuvas em Alagoas, na sexta-feira (1), a Defesa Civil Nacional vem estabelecendo uma série de ações emergenciais para apoiar o estado, como a mobilização e o envio de uma equipe do Grupo de Apoio a Desastres (Gade) para o estado. Saiba mais neste link.

Fonte: MDR

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.