ANEURISMA DE AORTA: O que é, sintomas e tratamento

Você sabe o que é um aneurisma? Muitas pessoas já ouviram essa palavra e associam a uma doença potencialmente grave, e é mesmo. Quer entender quando você deve suspeitar, como é feito o diagnóstico e tratamento de um aneurisma? Neste episódio o Dr. Manoel Lobato dará mais detalhes sobre o assunto.

Um aneurisma é uma dilatação de uma parte de um vaso sanguíneo. Geralmente, na região em que há um aumento do tamanho do vaso sanguíneo, a parede desse vaso fica mais fina; é como uma bexiga: quanto mais você enche, maior ela fica, mais fina fica a sua parede e maior a chance de ela estourar. E esse é o maior risco dos aneurismas: estourar e provocar hemorragias que podem ser fatais.

Essa dilatação, ou seja, os aneurismas podem acontecer em qualquer vaso sanguíneo do corpo, os mais comuns são os aneurismas cerebrais e os aneurismas de aorta.

À medida que dilatação da artéria vai aumentando a parede do vaso vai ficando mais fina, mais fina até que estoura. Como tem muito sangue passando pela aorta esse rompimento causa um sangramento ou hemorragia muito grande com risco de morte superior a 90%.

“Então”, quando você deve suspeitar de aneurisma de aorta? Quais são os sintomas?

Esse é um dos pontos mais importantes, porque geralmente o aneurisma não tem nenhum sintoma, e é isso que torna essa doença extremamente perigosa. Ou seja, ela é uma doença silenciosa e que muitas vezes só é descoberta com a rotura do aneurisma. Algumas pessoas mais magras percebem uma bola que pulsa no abdome e acabam fazendo o diagnóstico do aneurisma quando mostram esse achado para o médico. 

Outros recebem o diagnóstico de aneurisma quando fazem exames de ultrassom e tomografia de tórax e abdome para pesquisar outras doenças. Ou seja, não apresentam sintoma nenhum e recebem o diagnóstico do aneurisma por acaso. Já outros pacientes sentem dores abdominais intensas dias ou horas antes do rompimento do aneurisma. Nessa situação, é muito importante procurar imediatamente atendimento médico e, infelizmente, o que acontece com muita gente é a descoberta do aneurisma só quando esse rompe. 

Os sintomas que indicam a rotura do aneurisma são dor súbita que acontece de repente na barriga ou nas costas, pele úmida ou suada, batimento cardíaco acelerado, queda de pressão, desmaios, perda de consciência e até morte súbita.

Qualquer pessoa pode ter aneurisma de aorta, mas se a pessoa tiver alguns fatores esse risco aumenta muito são os chamados fatores de risco. Eu vou destacar 4 deles:

  • Tabagismo. Quem fuma tem 7 vezes mais risco de ter aneurisma do que quem não fuma
  • Pressão alta, principalmente a não controlada 
  • Idade avançada acima de 50 anos 
  • Antecedente familiar de aneurisma. Se você tem ou teve pai, mãe, irmãos ou outros familiares próximos que tiveram aneurisma seu risco é maior.

Na presença de qualquer um desses fatores de risco você deve sempre falar ao médico. Ele irá avaliar a necessidade de exames complementares para o diagnóstico aneurisma. Se tiver antecedente familiar com aneurisma você já deve procurar um Cirurgião Vascular para essa investigação.

Para saber mais detalhes sobre o assunto, assista ao vídeo no canal Dr. Ajuda. 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.