Apesar de aprovar Lula, pesquisa CNT revela: aumento da violência preocupa 63,7% dos brasileiros

Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) nessa terça-feira (16) diz que 43% dos brasileiros avaliam o governo Lula como “ótimo” ou “bom”, e outros 57% aprovam o desempenho pessoal do petista. Por outro lado, 72,8% dos participantes entendem que o país só vai melhorar a partir do ano 2024 – e 17,3% acham que “a vida melhorou” com a entrada do atual mandatário. 

Um total de 25% dos entrevistados considera o governo “negativo” e 34,8% reprovam o desempenho pessoal do presidente. 

Ao mesmo tempo, 77,7% reclamam que os preços de alimentos e bebidas estão subindo demais, 52% preocupam-se com o desemprego e 63,7% apontam a violência como principal problema do povo, atualmente.

Segundo o cientista político especializado em Economia, André César, de maneira geral o resultado do levantamento é positivo para o governo. “Poderia ser muito pior, já estamos há cinco meses do início, acabou a lua de mel, não tem mais novidade”, observou. “Portanto, é um debate árido que está acontecendo agora, em função do novo arcabouço fiscal, da reforma tributária e de outras demandas”, explicou.

Para o especialista, a popularidade do governo poderia estar pior porque ele precisa urgentemente fazer “correções de rota”. Conforme André César, a situação pode piorar no dia a dia do governo, que vai enfrentar “problemas sérios” pela frente: “Essas CPIs, em especial a do MST, eu acho que é um grande risco que o governo vai enfrentar, além de precisar de aprovar o arcabouço fiscal e outras propostas”.

Correções de rota

O cientista político destacou também, entre os aperfeiçoamentos que o governo precisa fazer, a necessidade de alinhamento interno dos membros que compõem o Ministério, que podem estar contribuindo para que a opinião pública aprove mais a imagem de Lula do que a do próprio governo que ele preside: “Tem que cometer menos erros, há barbeiragens como aconteceu no processo do Marco do Saneamento, além de brigas internas no primeiro escalão que são feitas publicamente – e que são problemas básicos de comunicação”, exemplificou.

Faro político

“A grande pergunta que eu acho que tem que ser feita é: o ‘Lula 3’, 20 anos depois do primeiro mandato de presidente, depois de ter sido preso, tem as mágoas dele, tem a tragédias pessoais dele – como a dona Marisa e também com relação ao neto – será que ele está com a mesma ‘pegada política’, o famoso ‘faro político’ que ele tinha originalmente?”, indagou o cientista político, para completar em seguida: “São questões que para mim ainda estão abertas”. 

Principais Resultados

Avaliação do Governo Lula

  • Ótimo: 14,6%
  • Bom: 28,5%
  • Regular: 28,3%
  • Ruim: 7,8%
  • Péssimo: 16,8%
  • Não sabe/Não respondeu: 4%

Aprovação pessoal de Lula

  • Aprova: 57,4%
  • Desaprova: 34,8%
  • Não sabe/Não respondeu: 7,8%

O levantamento

A pesquisa da CNT foi realizada de 11 a 14 de maio passado. De acordo com o levantamento, a maioria dos entrevistados entende que os cinco maiores desafios do atual governo estão nas áreas de saúde, economia, segurança, combate à pobreza e geração de emprego. O levantamento foi realizado de forma presencial entre os dias 11 e 14 de maio, e os resultados possuem margem de erro de 2,2 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

A edição 158 traz avaliação e desempenho do governo do presidente Lula; expectativas em relação a emprego, renda mensal, saúde, educação e segurança; percepção sobre as áreas em que o governo federal se sairá melhor ou pior e sobre o aumento de preços; além de regulação/controle da internet e aplicativos de mensagens, bem como sites e plataformas com mecanismos de busca.

Veja a íntegra clicando aqui.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *