Aumento das exportações de ovos, aves e suínos rende US$ 1,2 bilhão no mês de agosto

Foto: Pexels

As vendas de carne suína brasileira para o exterior aumentaram 27,7% em agosto, na comparação com o mesmo mês de 2021. A compra de frangos pelo mercado externo cresceu mais de 15%, e a de ovos, mais de 20%. É o que registra levantamento feito pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

“O bom dessas notícias é que a gente está trazendo para o país mais de US$ 1,2 bilhão mensalmente em receita cambial, que é distribuída em uma cadeia de mais de 4 milhões de pessoas diretas e indiretas e mais de 100 mil famílias produtoras ajudando a girar nossa economia”, detalha o presidente da ABPA, Ricardo Santin. Em agosto de 2021, as exportações de aves, suínos e ovos totalizaram US$ 896 milhões.  Este ano, US$ 1,207 bilhão. Comparativamente, o número é 34,7% maior. 

O Brasil entrou no radar de comerciantes desses produtos alimentícios no mundo por questões de ordem sanitária, econômica e geopolítica.“Há uma crise mundial de oferta de alimentos, conflagrada especialmente com os conflitos entre Rússia e Ucrânia, temos ainda dificuldade de logística na Ásia por conta da Covid ainda, e como se não bastasse isso, ainda há doenças de aves e suínos”, contextualiza. 
“Todo esse panorama faz com que o Brasil seja chamado cada vez mais para garantir a oferta de alimentos e ajudar a segurança alimentar do mundo”, avalia Santin. 

Segundo dados da ABPA, as exportações brasileiras de ovos, tanto in natura, quanto processados, alcançaram em agosto deste ano a marca de 446 toneladas, totalizando receita de quase US$ 1,5 milhão de dólares. Os principais destinos desses produtos no exterior são os Emirados Árabes e o Japão, somando quase 1 milhão de toneladas de ovos. 

Tendo como principais destinos China, Filipinas, Vietnã, Tailândia e Chile, a exportação de carne suína in natura e processados em agosto deste ano foi de 116,3 mil toneladas, informa a ABPA. O que corresponde, em receita, a US$ 269 milhões. 

Já a receita obtida pelas exportações de carne de frango, entre in natura e processados, no oitavo mês de 2022, alcançou a marca de US$ 922,1. O número é um recorde histórico nas exportações do setor, somando 43,87 mil toneladas do produto exportado, sobretudo, para os Emirados Árabes Unidos, Japão, Filipinas, União Europeia e Coreia do Sul.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *