Comitiva com presidente Bolsonaro e ministros visita cidades atingidas por temporais no Sul da Bahia

Foto: Isac Nóbrega/PR

Uma comitiva federal com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e ministros esteve, neste domingo (12), nas cidades atingidas pelas fortes chuvas no Sul da Bahia para verificar in loco, os estragos e as necessidades da população afetada. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, integrou a comitiva.

“Nossa presença é um ato de solidariedade com o povo da Bahia. Quando soubemos do ocorrido, além de contatarmos os prefeitos, providenciamos a liberação do FGTS [Fundo de Garantia do Tempo de Serviço]. Os prefeitos, de forma bastante rápida, decretaram o estado de calamidade. O MDR reconheceu e publicou no Diário Oficial da União e aguardamos agora a definição das regiões atingidas dos municípios, para que o FGTS possa ser liberado para os afetados”, detalhou o presidente Jair Bolsonaro.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) tem atuado diretamente nas ações de resposta às chuvas intensas. Desde o fim de novembro, quando houve os primeiros registros de desastres, equipes da Defesa Civil Nacional estão na região para auxiliar as administrações municipais no preenchimento dos planos de trabalho para a solicitação de recursos federais.

A primeira leva de repasses, de R$ 5,8 milhões, já foi aprovada pela Pasta para atender seis cidades do Sul Baiano: Eunápolis (R$ 2,1 milhões), Itamaraju (R$ 1,8 milhão), Jucuruçu (R$ 543,7 mil), Maragogipe (R$ 503,8 mil), Ibicuí (R$ 433,9 mil) e Ruy Barbosa (260,1 mil). As Portarias com as liberações dos valores deverão ser publicadas na edição desta segunda-feira (13) do Diário Oficial da União.

“Como o presidente nos orientou, estamos aqui à disposição e um novo corpo de técnicos da Defesa Civil chegará à Bahia na segunda-feira, assim como em Minas Gerais, para ajudar os prefeitos a fazerem esses projetos de reconstrução”, adiantou o ministro Rogério Marinho.

Além disso, ele explicou o processo para a concessão dos recursos federais e as etapas para que as cidades possam voltar, no período mais breve possível, à normalidade. “Esse valor será destinado a municípios que apresentaram projetos e foram resolvidos em menos de 72 horas. Nós esperamos até terça ou quarta-feira liberar para mais nove. Estamos aguardando que as Prefeituras entreguem seus planos de resposta”, detalhou o titular do MDR.

Também estiveram presentes na comitiva o ministro da Cidadania, João Roma; o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno; o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o comandante da Marinha do Brasil, Almir Garnier Santos; o chefe do Estado-Maior Conjunto, general de Exército Laerte de Souza Santos; e o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Armin Braun.

Atuação conjunta

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério do Desenvolvimento Regional coordena as intervenções de outros órgãos do Governo Federal, envolvidos nesta força tarefa. O MDR também articula com os órgãos do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec) o desenvolvimento de ações conjuntas visando o atendimento imediato à população afetada e mantém o Cenad operando em alerta máximo.

Cidades da Bahia com reconhecimento federal de situação de emergência vigente:

  • Anagé
  • Baixa Grande
  • Boa Vista do Tupim
  • Camacan
  • Canavieiras
  • Encruzilhada
  • Eunápolis
  • Guaratinga
  • Ibicuí
  • Itabela
  • Itacaré
  • Itamaraju
  • Itambé
  • Itapetinga
  • Itarantim
  • Jaguaquara
  • Jiquiriçá
  • Jucuruçu 
  • Marcionílio de Souza
  • Mascote
  • Medeiros Neto
  • Mundo Novo
  • Santanópolis
  • Teixeira de Freitas
  • Teolândia
  • Vereda
     

Fonte: Brasil 61

COVID-19: Brasil vacina 80% da população alvo com duas dosesBloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade
Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.