Defesa Civil Nacional promove reunião de preparação para incêndios florestais

A Defesa Civil Nacional se reuniu com agentes federais e representantes de defesas civis estaduais, nesta quinta-feira (18), para traçar o plano de preparação técnica para a ocorrência de incêndios florestais, de grande incidência nesta época do ano. Normalmente, as regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sudeste são as mais afetadas.

“É um período de potencial ocorrência desse desastre. Por isso, a Defesa Civil Nacional articula ações com as defesas civis estaduais que, por sua vez, atuam diretamente com o Corpo de Bombeiros. Iniciamos o processo de aproximação entre todos, para dar apoio em decretação de estado de emergência e prestação de socorro e assistência humanitária”, explica o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Armin Braun.

O diretor do Cenad também reforçou a importância que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), que participaram da reunião on-line, têm na emissão de alertas e mapeamento de imagens de satélite para o enfrentamento aos incêndios.

“A reunião atingiu o objetivo esperado, que é verificar como os estados estão se preparando para o enfrentamento das queimadas e dos incêndios florestais, bem como as ferramentas mais utilizadas pelos órgãos de monitoramento desses desastres naturais no país”, destaca a coordenadora de Monitoramento do Cenad, Rosane Duque Estrada Vieira.

Regiões mais afetadas

Segundo o Inpe, os meses de agosto e, especialmente setembro, são os de maior incidência de incêndios florestais nas regiões Centro-Oeste e Sudeste. Já as regiões Norte e Nordeste são afetadas, principalmente, entre os meses de outubro e dezembro. Em relação aos estados, ao longo do ano, Mato Grosso, Pará e Tocantins são os que geralmente mais sofrem com os incêndios florestais.

Medidas de autoproteção

Conheça, neste link, medidas de autoproteção que a população deve tomar em casos de incêndios florestais.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.