Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 152 cidades da Região Sudeste

Foto: MDR/Divulgação

O Governo Federal reconheceu nesta quarta-feira (24), a situação de emergência em 152 cidades da Região Sudeste, a maior parte devido à falta de chuvas.
Em Minas Gerais, são 147 cidades, das quais 146 enfrentam a seca. A exceção é a cidade de Sem-Peixe, na zona da mata, que registrou fortes chuvas no dia 11 de novembro. Confira a lista completa de municípios em mdr.gov.br. 

No estado de São Paulo, quatro cidades entraram em situação de emergência. Paraguaçu Paulista, Regente Feijó e Quatá enfrentaram vendavais. Já em São José da Bela Vista, a causa é a estiagem, uma ausência de chuvas menos prolongada do que a seca.

Já no Espírito Santo, a cidade de Santa Teresa registrou queda de granizo. 

Com o reconhecimento federal da situação de emergência, os gestores desses municípios podem solicitar auxílio financeiro ao Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR. O coronel Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como os recursos podem ser utilizados.

“Os recursos da Defesa Civil Nacional podem ser empregados de três formas: socorro da população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas pelo desastre.”

As solicitações de reconhecimento de situação de emergência e de repasse de recursos devem ser feitas pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2iD. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.
 

Fonte: Brasil 61

COVID-19: Brasil vacina 80% da população alvo com duas dosesBloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade
Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.