Dia do Estagiário: estágio marca os primeiros dias do resto da vida do profissional

Em 18 de agosto se comemora o Dia do Estagiário. A prática do estágio se configura em uma das ferramentas mais indispensáveis para a qualificação, formação e crescimento dos futuros trabalhadores, e instrumento fundamental para os empreendimentos, que aguardam profissionais preparados e com novas ideias no mercado. 

A data faz referência à publicação da Lei de Estágio, que regulamentou a prática no Brasil, definindo regras como pagamento de bolsa, férias, carga horária e auxílios. E, se durante a pandemia a contratação de estudantes foi prejudicada, agora as contratações foram retomadas pelas empresas. Somente no primeiro semestre de 2022, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL Bahia) inseriu mais de 7.700 estagiários no mercado.

Foi por meio do IEL que Laina Barbosa, 33 anos, conseguiu uma oportunidade em Camaçari (BA). A estudante do 8º semestre de administração se identificou com uma vaga no Sebrae e foi contratada em fevereiro de 2021, onde está até hoje. Ela explica que a experiência não apenas ratificou o que ela aprendeu em sala de aula como também permitiu o desenvolvimento de outras competências.

“Eu acredito que tem dois aspectos, você poder aliar teoria e prática, porque só a teoria não dá a base e a vivência que o estágio dá, e a questão de relacionamento interpessoal também. São os dois fatores-chave, o relacionamento interpessoal e você poder correlacionar teoria e prática. Porque às vezes a teoria fica tão distante, mas, na prática, a gente consegue aplicar vários conteúdos e fundamentos da administração de forma bem simples”, destaca a estudante.

Laina também acredita que essa bagagem adquirida na empresa enquanto estuda será fundamental para abrir portas na hora de buscar um emprego efetivo em sua área.

“As empresas procuram muito esse perfil de conseguir aproveitar aprendiz, estagiário e trainee. Eu acredito que quando você vai participar de uma seleção para uma vaga efetiva e pode citar que passou um período em uma determinada empresa, que tem um nome no mercado, já é um diferencial, ou seja, ter passado por uma experiência dessa enquanto ainda em formação”, aponta a estudante.

Edneide Lima, gerente de Desenvolvimento de Carreiras e Empresarial do IEL Bahia, explica que além de ajudar na formação profissional, o estágio é o momento para reconhecimento de campo, ou seja, oportunidade para testar e errar antes de engatar em uma carreira. Carreira essa que será de sucesso se for realmente a que o estudante escolheu e que se sente bem e preparado para exercer.

“O que é uma carreira de sucesso? É aquela em que a pessoa vai se realizar, fazer aquilo que gosta, que escolheu, e vai fazer muito bem. Então, a chance de ter sucesso nessa carreira é muito grande. É onde entra o estágio. É esse momento que cria a oportunidade de testar”, diz Edneide. “Quando você realmente já escolheu uma carreira sólida, claro que você pode mudar a qualquer momento, mas fica um pouco mais custoso. Essa mudança acaba ficando mais morosa.”

Maiores demandas e competências procuradas

Historicamente algumas áreas demandam mais estagiários, como administração, engenharia, marketing e ciências contábeis. Mas, segundo Edneide, outras ganharam força no mercado nos últimos dois anos.

“Com esse momento que vivemos, de ainda estarmos em uma pandemia, as empresas têm tido necessidade de implementar sua área tecnológica, então tem crescido muito a necessidade de ter pessoas da área de tecnologia da informação, marketing digital, áreas com volume de vagas muito grande e com oportunidades muito boas de conhecimento, de ser efetivado na empresa, de ter experiências que vão fazer com que essa pessoa tenha grandes oportunidades depois”, destaca a gerente do IEL.

Edneide também aponta que além da capacidade técnica e do conhecimento adquirido na instituição de ensino, outras competências são observadas pelas empresas nos processos de seleção, como proatividade, relacionamento com demais funcionários e novas ideias.

“A empresa busca principalmente a questão comportamental. Qual é a atitude que aquela pessoa tem, qual é a vontade dela em participar da empresa, qual a vontade que tem de contribuir e de crescer. Porque o estágio é um espaço, um momento onde a pessoa vai adquirir muito conhecimento, confiança, experiência, mas é um momento também de troca, onde esse estagiário vai entregar suas qualidades, vai trazer as novidades que está vendo para dentro da empresa”, destaca.

Estudante de 17 anos ganha bolsa em uma das principais escolas técnicas da Europa
Bahia pode ser o centro do combustível do futuro, o Hidrogênio Verde

Dicas para a seleção

Além de identificar a área que lhe traz mais afinidade e demonstrar conhecimento, o candidato à vaga de estágio deve demonstrar interesse e se preparar. A gerente de Desenvolvimento de Carreiras e Empresarial do IEL Bahia lista algumas dicas para obter sucesso na empreitada, tanto na busca quanto na realização da experiência:

  • Procure uma vaga na qual você tenha afinidade, algo que realmente queira fazer, aprender, testar. Um dos maiores erros é buscar o estágio pelo valor da bolsa;
  • Busque o máximo possível de informações dessa empresa que está oferecendo o estágio. Isso vai fazer com que, no processo de seleção, você esteja munido de informação, que mostra interesse;
  • Ao ser contratado, mostre todo seu potencial. Quanto mais você mostra, mais desafios surgem e são eles que trazem o aprendizado. Se a empresa te dá muitas tarefas é porque ela confia no seu potencial;
  • Trabalhe sempre em equipe e contribua com o trabalho do colega. Sempre que você contribui, aprende com a experiência;
  • Dê o feedback ao supervisor. Mostre o que aprendeu e pergunte sobre o que mais pode aprender, ou se pode aplicar tal conhecimento de outra maneira. É justamente essa troca de experiências que enriquece a formação do jovem, bem como ajuda o empreendimento.

 
Prêmio IEL de Carreiras

O Prêmio Melhores Práticas de Estágio surgiu em 2004 e visa estimular a inovação e o desempenho, identificar as melhores práticas de estágio e premiar os projetos inovadores, executados pelas empresas, estudantes e instituições de ensino. O Prêmio IEL de Carreiras, como também é conhecido, também promove a interação com grandes empresas que entendem a necessidade de abrir as portas aos jovens.

Os vencedores de cada estado participam também de uma premiação nacional. Na edição de 2022, o IEL está no momento de avaliação, tanto dos estagiários quanto das empresas e instituições de ensino. Os campeões estaduais serão conhecidos até o fim de setembro e a premiação nacional está prevista para ocorrer em outubro.

Edneide Lima ainda destaca que, além de premiar, é importante comemorar a data porque mostra como essa prática do estágio, quando é bem feita, pode mudar a realidade de pessoas e empreendimentos. “O estágio de qualidade transforma a vida desses estagiários, fazendo com que um estudante se torne um profissional, e transforma também a empresa que abre as portas, porque ela está dando oportunidade de qualificação, mas também está abrindo portas para a entrada de novos talentos, de novas ideias e de novas formas de trabalho”, conclui.

O IEL existe desde 1969 e tem como objetivo principal criar essa conexão entre os jovens que estão buscando desenvolver a carreira e as organizações, em todos os estados, que procuram esses talentos. 
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.