ES: agropecuária mantém saldo positivo na geração de emprego, mas registra queda em julho

César Bergo, economista, explica que a agropecuária é um setor importante para o Espírito Santo, representando 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado. “Está ali entre o 14ª, 15º PIB do país em termos de estado. Acaba empregando um terço da população daquele estado. A grande questão também é que 75% das atividades da agropecuária no Espírito Santo estão ligadas à agricultura familiar, também é muito importante”, informa.

O economista ainda aponta que a agropecuária está ligada às safras. Por isso, os empregados são contratados de forma temporária para atuar na colheita. “Acabou a colheita do café, então as pessoas que trabalhavam nela e na colheita de grãos foram dispensadas. Isso impactou de maneira negativa o setor, que apresentou o resultado muito fraco em julho em termos de contratação”, aponta.

De acordo com Bergo, o setor agropecuário permanece com o saldo positivo nos empregos, e a tendência é que as contratações sejam realizadas novamente de acordo com a nova safra.

O Espírito Santo é o maior produtor de café conilon, participando com mais de 75% da produção brasileira dessa espécie e o segundo maior produtor de café do país, segundo o Governo do estado.

Na agropecuária, os municípios que mais contribuem com a produção no Espírito Santo são:

  • Santa Maria de Jetibá
  • Linhares
  • São Mateus
  • Domingos Martins

Outros setores

Em julho, o setor de Serviços se destacou, com saldo  positivo de 1.783 novos empregos. Logo depois, vêm os setores de Construção (+1.289), Comércio (+1.060) e Indústria (+784).

No saldo acumulado do ano,  o setor de Serviços mantém a liderança, contribuindo com quase 14 mil novas vagas. Os setores de Construção (+7.031), Indústria (+5.113) e Comércio (+3.188) também apresentaram crescimento.

Leia mais:

Sistema Nacional de Fomento ofertou R$ 376 bi em crédito para agricultura e pecuária

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *