Governador do Piauí apresenta demandas a ministro do Desenvolvimento Regional

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, recebeu, nesta quarta-feira (18), o governador do Piauí, Rafael Fonteles. Durante o encontro, foram apresentadas demandas por investimentos no estado, especialmente relacionados à conclusão de projetos públicos de irrigação.

As solicitações envolveram perímetros irrigados sob gestão de entidades vinculadas ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional. Dois deles estão sob gerência do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs): Tabuleiros Litorâneos e Platôs de Guadalupe; e outro da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o Projeto Marrecas-Jenipapo.

“Nós temos a preocupação de reduzir as desigualdades regionais e isso se faz investindo em políticas públicas. É importante conhecermos os projetos prioritários dos estados e municípios para alcançarmos essa diminuição e potencializarmos as vocações regionais. Daremos atenção para entregarmos essas obras e podermos gerar oportunidades no Piauí”, disse o ministro Waldez Góes.

O governador Rafael Fonteles destacou o impacto que os projetos poderão ter para o desenvolvimento do Piauí. “São projetos importantes e que vão ajudar a desenvolver a produção agrícola no estado, com potencial de geração de emprego e renda e de mudar a realidade do Piauí”, afirmou.

Sobre os perímetros

O projeto Platôs de Guadalupe está instalado na cidade de Guadalupe e tem potencial para irrigar até 32 mil hectares com águas captadas do lago da Barragem de Boa Esperança. A primeira etapa do projeto já foi implementada, com quase 3,2 mil hectares. Outros 11,7 mil hectares da segunda etapa ainda serão colocados em operação. A previsão é que o empreendimento possa gerar 30 mil empregos diretos e indiretos.

Já os Tabuleiros Litorâneos ocupam áreas dos municípios de Parnaíba e Buriti Lopes e contam com potencial de irrigação de uma área total de 8,4 mil hectares – até agora, 2,4 mil hectares já estão em operação. Cerca de 17 mil empregos poderão ser gerados na região.

Por sua vez, o projeto de irrigação Marrecas-Jenipapo fica a 31 quilômetros da sede do município de São João do Piauí. A área deverá ter mil hectares de área irrigada, com potencial de geração de 2,5 mil empregos direto e indiretos na região.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *