HOJE NO OURO PRETO WORLD

6 de julho de 2024


PISO DA ENFERMAGEM

06/07/2024 00:08h

PISO DA ENFERMAGEM: Mais de R$ 16 mi distribuídos para municípios do Paraná

Já foi publicada a portaria que estabelece os valores da assistência financeira de junho. Municípios como Curitiba e Londrina receberão até R$ 3 milhões

#Ministério da Saúde#Paraná#Piso da enfermagem#Saúde

Baixar áudio

Os valores referentes à parcela de junho da Assistência Financeira Complementar (AFC) da Paraná já estão disponíveis para consulta. Ao todo, o estado receberá R$ 16.254.972,41. Em cumprimento a Lei n.º 14.434, de 4 de agosto de 2022 — que estabelece o piso nacional da enfermagem — o Ministério da Saúde publicou a Portaria GM/MS 4.631, de 27 de junho, para complementação do salário da categoria. Municípios como Curitiba e Londrina receberão até R$ 3 milhões.

A cada mês, o Ministério da Saúde edita portaria para atualizar os valores, corrigir informações e identificar a forma pela qual os repasses devem ser feitos para os municípios. Para o vice-presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Daniel Menezes, é fundamental que as devidas correções sejam feitas para não prejudicar os profissionais.

“Esses repasses representam nada mais do que um direito garantido por meio da criação da lei do piso e que não foi pago em período anterior por conta de divergências no cadastro entre as instituições e entes federados que são beneficiados. Então, é uma correção de uma injustiça em relação ao não repasse para os profissionais que têm direito”, ressaltou o vice-presidente do Cofen, Daniel Menezes.  

De acordo com a pasta, compete aos gestores o pagamento dos colaboradores diretos — sejam servidores ou empregados —, bem como a transferência dos recursos às entidades privadas contratualizadas ou conveniadas, que atendam, pelo menos, 60% de seus pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS).   

Assistência Financeira Complementar

Os repasses estão sendo realizados pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS). Conforme o Ministério da Saúde, foi aberta uma conta específica para o envio de repasses. Após a transferência da União, cabe aos gestores os pagamentos aos profissionais.

Mas é importante que a aplicação dos recursos seja fiscalizada em todo o país para garantir que os valores cheguem aos contracheques, como explica o advogado especialista em direito médico Josenir Teixeira.

“Os profissionais da enfermagem devem ficar atentos a acompanhar o repasse que os municípios irão receber, para que os municípios efetivamente repassem os valores às suas empregadoras, para que, finalmente, as suas empregadoras paguem os valores dentro da folha de pagamento. Vamos ver se realmente esses valores repassados pela União serão suficientes para cumprir o que disse a lei”, avalia. 

O repasse de junho soma R$ 829.433.687,10, destinados aos entes federados. O empenho e o repasse devem ocorrer até o último dia útil de cada mês. Segundo o governo federal, de janeiro a junho deste ano, já foram repassados R$ 5.145.081.039,81 para a AFC da União. O Ministério da Saúde também publicou a Portaria GM/MS 4.155 para acerto de contas de entes federados, que descreve o repasse de R$ 172,1 milhões a 1.626 municípios e 10 estados contemplados na revisão de dados da parcela de maio a agosto de 2023.
 

Copiar textoCopiar o texto

DR. AJUDA!

06/07/2024 00:07h

DR. AJUDA: Quais os efeitos do café para a nossa saúde?

Nesse episódio o cardiologista, Bruno Mioto, fala sobre os benefícios do café para nossa saúde.

#blog#Café#Dr. Ajuda!#Saúde

Baixar áudio

Não é à toa que escolhemos o café que consumimos logo ao acordar, ele ativa o córtex cerebral facilitando os processos de memória, atenção e aprendizado. Apesar disso, ainda existe grande desconhecimento por parte da população sobre os efeitos do consumo de café na saúde humana. 


O café, depois da água, é a bebida mais consumida no mundo e a principal fonte de ingestão de cafeína em adultos. Seus efeitos biológicos podem ser substâncias que não se limitam à ação da cafeína.


Pesquisas nos últimos anos informaram que o café é uma das principais fontes de antioxidantes na dieta e seu consumo diário pode ser bom para saúde. Do ponto de vista cardiovascular, o consumo de café pode reduzir o risco de diabetes tipo 2 e hipertensão, além de outras condições associadas ao risco cardiovascular como obesidade e depressão. Com relação ao colesterol e triglicerídeos, os efeitos do café podem variar dependendo de como a bebida é preparada, isso porque o café apresenta algumas substâncias que podem elevar o colesterol, entretanto essas mesmas substâncias são, em boa parte, retidas pelo filtro. 


Independentemente disso, uma quantidade crescente de dados sugere que o consumo habitual de cafeína  de duas a três xícaras de café ou é neutro ou reduz uma variedade de desfechos cardiovasculares adversos, incluindo infarto, insuficiência cardíaca e AVC. 


Além disso, grandes estudos epidemiológicos sugerem que os consumidores regulares possuem riscos reduzidos de morte por causas cardiovasculares, principalmente infarto e AVC. Os benefícios também incluem proteção contra doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer, melhora do controle da asma e menor risco de alguma doença gastrointestinal, como pedras na vesícula e doenças do fígado. Porém, é importante reforçar que a maioria dos dados sobre os efeitos do café na saúde humana, baseia-se em estudos observacionais e faltam estudos mais estruturados para termos mais certeza desses efeitos. 


No entanto, é preciso consumir com cautela, já que seu alto índice de cafeína pode piorar outras condições como ansiedade, insônia dentre outros.


Para mais informações,  assista ao vídeo no canal Doutor Ajuda no youtube. 

Copiar textoCopiar o texto

EMPREGO

06/07/2024 00:05h

Informativo CNM aponta criação de mais de 125 mil empregos formais em maio

Foram registradas mais de 2 milhões de admissões e cerca de 1,9 desligamentos, resultando em um saldo positivo de empregos

#CNM#Emprego

Baixar áudio

Em maio, foram criados 125.796 postos de trabalho com carteira assinada, aponta o levantamento mensal da Confederação Nacional de Municípios (CNM), baseado no Novo Caged. De acordo com o relatório, foram registradas 2.109.474 admissões e 1.983.678 desligamentos, resultando em um saldo positivo de empregos. 

Para a CNM, esse desempenho é indicativo de uma recuperação econômica gradual, refletida também no acumulado dos últimos 12 meses, com a criação líquida de 1,7 milhão de empregos, uma queda de 7% em relação ao ano anterior. No total, o Brasil alcançou a marca de 46,6 milhões de empregos com carteira assinada até maio deste ano.

Os números revelam que 53% das cidades brasileiras contribuíram para esse saldo positivo, demonstrando um panorama favorável em diversas localidades do país.

Destaca-se ainda que, com exceção da região Sul, todas as outras regiões do país apresentaram aumento no estoque de empregos em maio. A região Norte foi a que registrou a maior variação positiva, com crescimento de 0,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, e 5,2% nos últimos 12 meses. Já a região Sul apresentou uma leve queda, influenciada negativamente pelas recentes crises climáticas, especialmente as enchentes.

O relatório completo está disponível no portal da CNM.

Copiar textoCopiar o texto

AGRICULTURA

06/07/2024 00:03h

Governo lança política para conservação e uso sustentável de recursos para alimentação, agricultura e pecuária

Decreto publicado no Diário Oficial da União de quinta-feira (4) visa garantir soberania, segurança alimentar e nutricional do país

#Agronegócio#Alimentação#Segurança nacional

Baixar áudio

Por meio de decreto, o governo federal instituiu a Política Nacional de Conservação e Uso Sustentável dos Recursos Públicos Genéticos para a Alimentação, a Agricultura e a Pecuária, na última quinta-feira (4). 

Entre outras medidas, a norma visa a conservação, o uso sustentável e a valorização dos recursos genéticos para a alimentação, agricultura e pecuária. A política objetiva também garantir a soberania e a segurança alimentar e nutricional do país, além de ampliar o conhecimento dos recursos genéticos e a base genética dos programas desenvolvidos por instituições de pesquisa. 

De acordo com o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), das seis mil espécies de plantas cultivadas para a alimentação, apenas nove espécies representam 66% da produção agrícola mundial. Tal concentração significaria um risco para a segurança alimentar. 

A coordenação da política será feita por três ministérios. Além do Mapa, os ministérios de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar e de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas também vão liderar a iniciativa. 
 

Copiar textoCopiar o texto

RODOVIAS

06/07/2024 00:02h

RS: um trecho de estrada está totalmente interditado e 17 parcialmente

Foram liberados 124 trechos em 11 rodovias federais do Rio Grande do Sul

#Rio Grande do Sul#Rodovias

Baixar áudio

No Rio Grande do Sul, foi registrada interdição total em um trecho em uma rodovia federal e interdições parciais em 17 trechos em cinco rodovias federais. As interdições estão ocorrendo nas rodovias BR-116, BR-287, BR-290, BR-386 e BR-470. As informações foram apresentadas pelo Ministério dos Transportes, no último Boletim de Recuperação de Rodovias Federais – RS, divulgado nesta quinta-feira (4).

Até o fechamento desta matéria, foram liberados 124 trechos em 11 rodovias federais que cortam o Rio Grande do Sul. Além disso, 13 trechos estão em obras ou em processo de liberação das pistas e não há segmentos liberados exclusivamente para veículos de emergência.

Confira os trechos com interdições totais ou parciais:

https://www.google.com/maps/d/u/1/embed?mid=1bMaUE8iqvBLGFShEauPpobWu0D90lok&ehbc=2E312F&noprof=1

Gestão: 3 mil municípios têm obras paralisadas

LIXO: Brasil gerou mais de 40 mil toneladas de resíduos de construção

Marlon Bento, especialista em infraestrutura e diretor administrativo da Line Bank BR, recomenda que os motoristas tenham atenção total ao trânsito, para evitar acidentes.

“Sem excesso de velocidade, cuidar com as ultrapassagens. O motorista deve estar usando o cinto [de segurança] e estar com as revisões em dia. Também é importante não ingerir bebida alcoólica. Isso é fundamental para evitar esses acidentes de trânsito nesse momento e sempre”, afirma.

Dados de monitoramento

Os dados foram consolidados entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Secretaria Nacional de Transporte Rodoviário e a concessionária responsável pelas rodovias federais sob supervisão da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Copiar textoCopiar o texto

PIX

06/07/2024 00:01h

Pix por aproximação começa em 28 de fevereiro de 2025

Especialistas explicam como o pix por aproximação irá funcionar

#Economia#Pix

Baixar áudio

A partir de 28 de fevereiro de 2025, será possível realizar transações via pix por aproximação, conforme anunciado pelo Banco Central nesta quinta-feira (4). O BC e o Conselho Monetário Nacional (CMN) introduziram novas regulamentações para expandir o open finance, que inclui o compartilhamento de dados entre instituições financeiras. O economista e conselheiro federal do Conselho Federal de Economia (Cofecon) Eduardo Reis explica que o pix por aproximação deve funcionar semelhante à modalidade de pagamento que as pessoas já usam com as carteiras digitais, chamadas de wallets.

“Você consegue fazer o cadastramento atualmente, seja do cartão de crédito ou do cartão de débito. Agora, com essa opção de você fazer o cadastramento do pix, as pessoas vão conseguir fazer o pagamento de uma forma mais ágil, através da aproximação do celular nesses equipamentos de pagamento, sem a necessidade de ter que ficar utilizando o QR Code ou de ter que abrir o aplicativo do banco, o que muitas vezes cria uma dificuldade”, explica.

Golpes: 4 em cada 10 brasileiros já foram vítimas; veja como se proteger

O economista aponta que os clientes não irão precisar sair do ambiente de compras on-line para realizar o pagamento por pix. “Por exemplo, você vai fazer uma compra de uma passagem aérea uma companhia aérea. Ao invés de deixar cadastrado o número do cartão de crédito, você passa a deixar cadastrado o número da sua chave pix, E deve ter um sistema de autorização, mas ainda não temos os detalhes”, explica.

Para Eduardo Reis, as novas mudanças relativas ao pix devem ser responsáveis por consolidá-lo como a principal modalidade de pagamento no Brasil. Ele afirma que isso tem um efeito positivo na economia, pensando na redução dos custos de transação ao utilizar máquinas de pagamentos para cartões, que podem cobrar tarifas. O pix tem a vantagem de reduzir esses custos, favorecendo o preço das mercadorias para os clientes.

O economista ainda destaca que conforme os pagamentos em pix crescem, favorecem a disciplina e o controle financeiro das famílias. “Sabemos que hoje o uso de cartão de crédito é um dos principais motores do endividamento no país, porque muitas pessoas não conseguem ter controle dessas compras que são feitas a prazo”, completa.

Segurança

A advogada Renata Nicodemos, presidente da Comissão de Sociedade de Advogados (CSA), explica que o pix por aproximação vai contar com uma tecnologia avançada de criptografia e autenticação, para garantir que as transações sejam realizadas de maneira segura, assim como acontece com outras formas de pagamento. 

“A possibilidade de realizar pagamentos para aproximação com o pix facilita ainda mais a experiência do usuário, mas é importante ter alguns cuidados para evitar golpes. Então, ao realizar um pagamento por aproximação, certifique-se de que o dispositivo está próximo do terminal de pagamento e que não há outros dispositivos suspeitos nas proximidades que possam tentar interceptar essa transação, para evitar pagamentos acidentais ou não autorizados”, alerta.

Ela recomenda desativar a função de pagamentos por aproximação quando não estiver utilizando e verificar regularmente o histórico das transações bancárias para identificar qualquer atividade suspeita, além de utilizar autenticação de dois fatores nas contas bancárias e aplicativos de finanças.

Confira o cronograma anunciado pelo BC:

  • 31 de julho de 2024: regulamentação específica para a Jornada de Pagamentos Sem Redirecionamento (JSR), nome formal do Pix por aproximação;
  • 14 de novembro de 2024: início dos testes pelas instituições financeiras, para garantir a segurança da funcionalidade;
  • 28 de fevereiro de 2025: Lançamento do produto para a população.

Conforme as novas regras, as instituições financeiras que possuem mais de 5 milhões de clientes, seja individualmente ou em conglomerados, terão a obrigação de adotar o open finance.

De acordo com informações do BC, essa alteração aumentará de 75% para 95% a quantidade de clientes que poderão escolher compartilhar seus dados entre diferentes instituições. Os clientes que utilizam carteiras digitais deverão se cadastrar em uma instituição participante do open finance e autorizar a utilização das funcionalidades do pix em suas carteiras digitais.

Copiar textoCopiar o texto

BRASIL MINERAL

05/07/2024 23:58h

Vendas caem 5,6% e somam 5,3 milhões de toneladas em maio

Mas no acumulado até maio, as vendas alcançaram 25,2 milhões de toneladas, um ligeiro aumento de 0,8%

#Brasil Mineral

Segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC), as vendas do produto somaram 5,3 milhões de toneladas em maio de 2024, uma queda de 5,6% em comparação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado até maio, as andas alcançaram 25,2 milhões de toneladas, um ligeiro aumento de 0,8%. A tragédia ambiental no Rio Grande do Sul influenciou nas vendas e na confiança do consumidor, diante dos impactos nas condições de vida dos cidadãos e incertezas em relação à economia local.

O índice de confiança da construção apresentou retomada em maio, disseminada pelos segmentos de Edificações, Infraestrutura e Serviços Especializados, e será necessário acompanhar os efeitos secundários do desastre gaúcho nos próximos meses. O processo de reconstrução pode realçar a dificuldade na contratação de mão-de-obra qualificada. A percepção sobre a demanda tem uma melhora gradual com os estoques se aproximando da normalidade. Há uma percepção positiva também do ambiente de negócios para o segundo semestre, com o aquecimento no mercado de trabalho e alta da massa salarial.

A publicação da Medida Provisória nº 1.227, no dia 4 de junho, impacta diretamente a competitividade da indústria e o fluxo de caixa das empresas, pois limita e impossibilita a compensação de créditos tributários de PIS/COFINS. O setor reclama que a medida vai na contramão das premissas do governo, prevista no programa Nova Indústria Brasil. Mesmo diante desses entraves, a indústria brasileira de cimento segue otimista com a ampliação do orçamento anual do FGTS para habitação, o que irá aquecer mais o Minha Casa, Minha Vida (MCMV), programa que desempenha importante papel na demanda do produto. “Em apoio à população gaúcha afetada pelas fortes inundações e chuvas, as fábricas de cimento instaladas no Rio Grande do Sul estão em plena operação para ajudar em sua reconstrução, com abastecimento normalizado do produto, que será indispensável para execução das centenas de obras que serão necessárias em todo o Estado”, disse Paulo Camillo Penna, presidente do SNIC.

Copiar textoCopiar o texto

PREVISÃO DO TEMPO

05/07/2024 18:00h

PREVISÃO DO TEMPO: sábado (6) tem alerta para baixa umidade no Centro-Oeste

A temperatura pode variar entre 12ºC e 38ºC

#Previsão do tempo#Região Centro-Oeste

Baixar áudio

Sábado (6) não tem previsão de chuvas no Centro-Oeste. 

Avisos meteorológicos

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para perigo potencial de baixa umidade no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, atingindo cidades como Brasília (DF), Anápolis (GO), Cáceres (MT) e Campo Grande (MS).

Confira agora a previsão do tempo no seu estado. 

Distrito Federal

A previsão para este sábado (6) é de poucas nuvens em todo o Distrito Federal.

Goiás

A previsão para esse sábado (6) é de poucas nuvens em todo o estado de Goiás, especialmente em cidades como Piranhas, Posse e São Miguel do Araguaia.

Mato Grosso

A previsão é de tempo encoberto apenas nas cidades de Apiacás, Colniza, Juína, Rondolândia, Paranaíta, Apiacás, Alta Floresta, Nova Monte Verde, Juruena, Cotriguaçu e Nova Bandeirantes e Castanheira. Nas demais regiões do estado, poucas nuvens. 

Mato Grosso do Sul

Durante a manhã e à tarde deste sábado (6), a previsão é de tempo encoberto nos pantanais e sudoeste de Mato Grosso do Sul, em municípios como Corumbá, Naviraí e Dourados. À noite, tempo encoberto apenas no sudoeste e na cidade de Porto Murtinho. 

Temperatura mínima e máxima na região

A temperatura mínima fica em torno de 12°C em Brasília, no Distrito Federal, e a máxima prevista é de 38ºC na cidade de Cotriguaçu, no Mato Grosso. A umidade relativa do ar varia entre 25% e 80%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Copiar textoCopiar o texto

PREVISÃO DO TEMPO

05/07/2024 18:00h

PREVISÃO DO TEMPO: sábado (6) tem previsão de chuvas em grande parte do Sudeste

A temperatura pode variar entre 12ºC e 32ºC

#Boletim do tempo#Previsão do tempo#Região Sudeste

Baixar áudio

Neste sábado (6), a previsão é de dia sem chuva em Minas Gerais e no Espírito Santo. 

Confira agora a previsão do tempo no seu estado. 

Espírito Santo

Este sábado (6) começa com tempo encoberto em grande parte do Espírito Santo, com exceção do sul, onde o céu fica com poucas nuvens. Durante a tarde, a expectativa é de muitas nuvens em todo o estado. À noite, poucas nuvens. 

Minas Gerais 

O dia começa com poucas nuvens em quase todo o estado de Minas Gerais. Muitas nuvens são esperadas apenas no Vale do Mucuri e microrregiões de Pedra Azul, Araçuaí, Almenara, Mantena e Aimorés. Durante a tarde, a previsão é de tempo encoberto apenas em Almenara. À noite, muitas nuvens na Zona da Mata e Sul e Sudoeste de Minas.

Rio de Janeiro

Durante a manhã e à tarde deste sábado (6), a previsão é de poucas nuvens em todo o estado. À noite, há possibilidade de chuva apenas na cidade de Paraty.

São Paulo

O dia começa com tempo encoberto no Vale do Paraíba, Litoral Sul, Metropolitana de São Paulo, Itapetininga e Macro Metropolitana. Durante a tarde, chuvas isoladas no Litoral Sul Paulista e Itapetininga. À noite, há possibilidade de chuva nessas regiões e ainda na Macro Metropolitana, Metropolitana de São Paulo e Vale do Paraíba Paulista. 

Temperatura mínima e máxima na região

A temperatura mínima fica em torno de 12°C em Resende, no Rio de Janeiro, e a máxima prevista é de 32ºC em Marabá Paulista, em São Paulo. A umidade relativa do ar varia entre 30% e 100%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Copiar textoCopiar o texto

PREVISÃO DO TEMPO

05/07/2024 18:00h

PREVISÃO DO TEMPO: sábado (6) tem alerta para pancadas de chuva no Norte

A temperatura pode variar entre 14ºC e 38ºC

#Previsão do tempo#Região Norte

Baixar áudio

Sábado (6), apenas o Tocantins não tem previsão de chuvas.

Avisos meteorológicos

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para perigo potencial de chuvas fortes e ventos intensos em Roraima, Amapá, Pará e Amazonas, atingindo cidades como Boa Vista (RR), Tartarugalzinho (AP), Breves (PA) e Maraã (AM).

Confira agora a previsão do tempo no seu estado. 

Acre

O sábado (6) começa com tempo encoberto e sem chuvas em todo o Acre. Durante a tarde, as chuvas são fortes e acompanhadas por trovoadas isoladas em todo o estado, atingindo cidades como Sena Madureira e Tarauacá.

Amapá

O dia começa com pancadas de chuva nas cidades de Oiapoque e Calçoene. Nas demais regiões do estado, há possibilidade de chuva. Durante a tarde, as chuvas são fortes no estado e à noite, voltam a ser uma possibilidade.

Amazonas

O dia começa com pancadas de chuva acompanhadas por trovoadas isoladas no norte. As chuvas também são fortes no sudoeste e microrregiões de Tefé, Coari e Rio Preto da Eva. Tem possibilidade de chuva nas demais regiões. Durante a tarde, são esperadas pancadas de chuvas isoladas em grande parte do Amazonas, com exceção das cidades de Apuí, Maués e Barreirinha, onde não há previsão de chuva. À noite, as fortes chuvas continuam no norte amazonense e microrregiões de Tefé e Coari.

Pará

A previsão para este sábado (6) é de tempo encoberto e com possibilidade de chuva no Baixo Amazonas, Marajó, Região Metropolitana de Belém e nordeste paraense. 

Rondônia

Este sábado (6) começa com tempo encoberto em todo o estado de Rondônia. Durante a tarde, fortes chuvas são esperadas na microrregião de Porto Velho e à noite, tem possibilidade de chuva nas microrregiões de Porto Velho e Ariquemes. 

Roraima

Para a manhã e à tarde deste sábado (6), a previsão é de tempo encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em todo o estado de Roraima. À noite, as chuvas são fortes em grande parte do estado, com exceção das cidades de Rorainópolis, São João da Baliza e Caroebe, onde as chuvas são apenas uma possibilidade.

Tocantins

A previsão é de tempo aberto e com poucas nuvens no Tocantins durante o dia e à noite. 

Temperatura mínima e máxima na região

A temperatura mínima fica em torno de 14°C no município de Santa Isabel do Rio Negro, no Amazonas, e a máxima prevista é de 38°C em Altamira, no Pará. A umidade relativa do ar varia entre 25% e 95%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Copiar textoCopiar o texto

CULTURA

05/07/2024 17:00h

Lei Rouanet terá programa especial voltado à recuperação cultural do Rio Grande do Sul

Bolsa de formação cultural, prêmios e apoios financeiros compõem a fase de iniciativas da Pasta para o Rio Grande do Sul

#Cultura

Baixar áudio

O Ministério da Cultura lançou um programa especial para incentivar os 100 maiores investidores da Lei Rouanet a patrocinarem projetos que promovam a recuperação cultural no Rio Grande do Sul.

A iniciativa faz parte do Programa Retomada Cultural RS, anunciado na quarta-feira, dia 3, no Mercado Público de Porto Alegre, pela ministra Margareth Menezes. 

O Retomada Cultural RS consiste em uma série de ações para ajudar os agentes culturais gaúchos a superarem os prejuízos provocados pelas enchentes no estado. 

Acompanhada por uma comitiva do MinC e pelo ministro Paulo Pimenta, Margareth também visitou o CÉU das Artes de Canoas, que foi afetado pelas enchentes; além do Museu de Arte do Rio Grande do Sul, o Museu do Hip-Hop e uma escola de samba da capital gaúcha. 

Ao anunciar o programa, a ministra ressaltou a importância da união e da colaboração para superar os desafios atuais. 


“No que tiver no escopo do Ministério da Cultura, e das nossas possibilidades, nós vamos fazer. Isso é só o começo dessa ação, porque a gente sabe que reconstruir o que foi perdido é uma caminhada. Mas só de ver a disposição de todas as pessoas que estão aqui é um sinal de reação, união e de força. Essa união é a chave para conseguirmos chegar onde queremos”

A primeira ação é a Bolsa Retomada Cultural RS. Nela, agentes culturais inscritos em cursos de 70 horas oferecidos pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul receberão uma bolsa de R$ 4.500,00, divididos em duas parcelas de R$ 2.250,00.

O programa prevê ainda apoio financeiro de R$ 30 mil a todos os Pontos de Cultura, Pontos de Memória, Bibliotecas Comunitárias, Pontos de Leitura, Escolas Livres e Comunidades Quilombolas que foram diretamente afetados pelas chuvas. 

E para fortalecer a criação e a difusão cultural, serão oferecidas 150 bolsas, de R$ 30 mil cada uma, a grupos, espaços e eventos nas áreas de artes visuais, circo, dança, música e teatro. O processo de seleção será realizado por meio de edital da Funarte.

Integrante da comitiva do MinC, Henilton Menezes, secretário de Economia Criativa e Fomento Cultural do MinC, foi quem anunciou o programa especial da Lei Rouanet para o Rio Grande do Sul.


“O que estamos anunciando aqui é um programa especial desta lei que foi tão vilipendiada no governo passado e que resgatamos. Este mecanismo é o principal patrimônio da cultura brasileira e pode ser utilizado para emergências que o setor enfrenta. Esse mecanismo pode ser utilizado para emergências que o setor cultural enfrenta não só aqui no Rio Grande do Sul, mas em qualquer local deste país.”

Até o momento, 12 empresas aderiram ao Programa Emergencial Rouanet Rio Grande do Sul. São elas: Itaú, Vale, Shell, Neoenergia, Santander, CSN, Arcelor Mittal, EDP, CMPC, Hyundai, Petrobras e Banco do Brasil.
 

Imagem carregando...Copiar o texto

GRIPE

05/07/2024 15:00h

GRIPE: Municípios adotam estratégias para aumentar coberturas vacinais

Entre as cidades com mais de 150 mil habitantes, Sobral (CE) lidera o ranking com a melhor cobertura vacinal (68%)

#Gripe#Ministério da Saúde#Vacina

Baixar áudio

A vacinação é fundamental para prevenir contra as complicações da gripe, segundo as autoridades de saúde. E nos municípios brasileiros, a cobertura vacinal tem sido um indicador importante de saúde pública que orienta ações de gestores locais. Em várias cidades, estratégias de vacinação contra a doença têm ajudado a ampliar a taxa de pessoas imunizadas. A cidade de Curral de Cima – município paraibano com 5,2 mil habitantes – é um exemplo: a cobertura vacinal contra a gripe atingiu 97,5% do público-alvo, durante mobilização ocorrida neste ano. O dado é do painel de imunizações do Ministério da Saúde

Renata Ribeiro, secretária municipal de Saúde, explica o que o município fez para alcançar esse número.

“Fizemos uma programação extra nos finais de semana com a equipe e agentes de saúde para fazer a vacinação em domicílio, para aquelas pessoas que não têm como se deslocar para as unidades de saúde e pessoas que moram longe ou são muito idosas ou acamadas. E, sim, ainda há doses da vacina. Então, a gente ainda está com oferta aberta ao público de todas as idades, basta só a população procurar as unidades.”

A professora Lúcia Tereza da Costa, de 64 anos, moradora da zona rural Olho D’água, em Curral de Cima, está satisfeita por ter recebido a equipe de saúde em casa, que imunizou a mãe dela.

“A vacinação onde os idosos não precisam se deslocar de casa até o posto médico. Vem até os idosos. A minha mãe tem 94 anos e é assim que é atendida em casa.”

Por conta da disponibilidade de doses, o Ministério autorizou a ampliação da imunização para todas as pessoas acima dos seis meses de idade. Segundo o diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Eder Gatti, a medida busca garantir uma maior cobertura vacinal e, consequentemente, uma redução nas complicações e internações causadas pela gripe.

“Então, se há disponibilidade da vacina e o vírus da influenza – da gripe – está circulando, devemos ampliar o acesso das pessoas para que elas se vacinem, diminuam seu risco de adoecimento de formas graves da doença e diminuam a circulação do vírus na comunidade.”

Faça parte do Movimento Nacional Pela Vacinação e diga sim para a vacina contra a gripe. Procure uma Unidade Básica de Saúde com a Caderneta de Vacinação ou documento com foto.

Para mais informações, acesse: www.gov.br/vacinacao.

VSR: Fiocruz alerta para o aumento nas internações por infecções respiratórias

Casos de SRAG registram aumento contínuo no Brasil; alerta Fiocruz

Brasil registra sinalização de queda no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave

Imagem carregando...Copiar o texto

GRIPE

05/07/2024 12:00h

GRIPE: crianças menores de 9 anos devem tomar duas doses da vacina

Ao todo, foram aplicadas mais de 6,5 milhões de doses do imunizante em de meninos e meninas nessa faixa etária

#Gripe#Ministério da Saúde#Vacina

Baixar áudio

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe já contabiliza mais de 6,5 milhões de doses aplicadas em crianças maiores de seis meses e menores de 9 anos de idade, nas regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. 

Na Região Norte, a mobilização ocorreu entre novembro de 2023 e fevereiro de 2024, por conta do período de maior circulação e transmissão do vírus influenza. Nesses estados, foram registradas 704 mil doses aplicadas em crianças nessas faixas etárias.

O coordenador do Núcleo de Controle de Infecções do Hospital de Base do Distrito Federal, Julival Ribeiro, explica que as crianças menores de 9 anos devem tomar duas doses da vacina contra a gripe.

“Em relação à vacina da gripe para crianças entre seis meses e oito anos de idade, [é preciso aplicar] duas doses na primeira vez em que forem vacinadas. É a chamada primovacinação, com intervalo de um mês [entre elas]. E a partir do ano seguinte, é uma dose única. A partir de nove anos, dose única anual.”

As unidades de saúde do SUS continuam mobilizadas em todo o País para vacinação contra a gripe. Agora, todas as pessoas com mais de seis meses de idade podem se vacinar. Segundo o Ministério da Saúde, a vacina salva vidas e previne milhões de casos graves e óbitos pela infecção provocada pelo vírus da influenza.

Faça parte do Movimento Nacional Pela Vacinação e diga sim para a vacina contra a gripe. Procure uma Unidade Básica de Saúde com a Caderneta de Vacinação ou documento com foto.

Para mais informações, acesse: www.gov.br/vacinacao.

VSR: Fiocruz alerta para o aumento nas internações por infecções respiratórias

Casos de SRAG registram aumento contínuo no Brasil; alerta Fiocruz

Brasil registra sinalização de queda no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave

Imagem carregando...Copiar o texto

GRIPE

05/07/2024 08:00h

GRIPE: vacinar a grávida também protege o bebê

Ao todo, mais de 428 mil doses foram aplicadas em gestantes durante a Campanha de Vacinação contra a Gripe este ano

#Gripe#Ministério da Saúde#Vacina

Baixar á

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *