INCC registra leve variação no custo da construção civil

O mês de março apresentou uma leve variação no Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) ficando abaixo do percentual de fevereiro. A taxa acumulada em 12 meses mostra avanço de 9,06%, o que representa que o custo nacional da construção por metro quadrado subiu. De acordo como o IBGE, o custo aumentou para R$1.689,13, sendo que R$1.002,60 são relativos aos materiais e R$ 686,53 referentes à mão de obra.

Dentre as regiões brasileiras, três apresentam variação positiva na parcela dos materiais: a maior alta foi no Nordeste, com taxa de 0,51%; no Norte, com 0,04% e no Sul com 0,43%. Já o Centro-Oeste, com destaque em Brasília, registrou variação negativa. A conselheira federal Ana Cláudia Arruda afirma que essa alteração foi decorrente de ajustes salariais que aconteceram em alguns estados, mas que isso não representa pressão sobre o setor e sim uma estabilidade no consumo e no preço dos materiais de construção e na mão de obra. 

A conselheira explica que a redução nas taxas seria é fator importante para alavancar a economia. “Os impactos são positivos. O que claramente se observa é que se as taxas diminuem e se as condições macroeconômicas forem favorecidas, nós teremos uma grande retomada da construção civil que é um setor estratégico para o arranque da economia, já que é um setor amplamente empregador s e comprador de insumos estratégicos 

Desde 2020, a estabilidade dos índices tem sido impactada de maneira diferente pela pandemia de Covid-19, sendo que a mão de obra está sendo mais afetada do que a alta nos preços dos materiais de construção.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *