IPC-S apresenta variação de 0,43% na inflação

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal( IPC-S) variou 0,43% e acumulou alta de 3,37% nos últimos 12 meses. A apuração mostra que, das oito classes de despesa que compõem o índice, duas registraram decréscimo em suas taxas de variação: o Transporte e a Habitação. A alta foi puxada pelo Transporte que passou de 1,47% para 0,70%. Vale mencionar o desempenho do item gasolina, cujo o preço variou 1,84% ante 4,40% na edição anterior do IPC-S.

A Habitação apresentava 0,75% e caiu para 0,57%. Também vale destacar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, que apresentava taxa de 2,10% e caiu para 1,05%. O economista Alessandro Azzoni explica quais fatores influenciaram o resultado neste mês de março.  “Essa variação foi o resultado da queda da paridade cambial devido às politicas e os resultados na economia americana, a questão da valorização do real com as politicas fiscais que estão sendo sugeridas pelo governo federal. Isso fez com que o dólar ficasse mais barato e o custo dessas matérias-primas, que entram cotadas, reduz o preço”.

Diferente dos itens Transporte e Habitação, os grupos Alimentação, Educação, Leitura e Recreação, Saúde e Cuidados Pessoais, Comunicação e Vestuário apresentaram avanço em suas taxas. O economista explica que a variação é influenciada direta e indiretamente pelo cenário internacional, mas que há expectativas otimistas para os próximos meses caso seja considerada a valorização do real. “Nós temos uma vantagem que o real está se valorizando. Isso é um bom cenário, porque parte da matéria-prima que vem de fora ela acaba não sofrendo um impacto tão alto com a variação cambial como tínhamos com o dólar a R$ 5,60, como nós tivemos no ano passado. Agora a R$ 5 ou abaixo de R$5 já começa a ter uma redução no preço de custo. As mercadorias já começam com impacto positivo na questão da redução do preço de custo”.

A taxa de variação do grupo Despesas Diversas repetiu a última taxa registrada de 0,17%. Os itens que mais influenciaram este grupo foram: o conselho e associação de classe; e alimentos para animais domésticos. A próxima apuração será divulgada no início de maio.
 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *