Mais duas cidades atingidas por desastres vão receber R$ 1,7 milhão para ações de defesa civil

Mais duas cidades do País atingidas por desastres naturais vão receber, juntas, mais de R$ 1,7 milhão para ações de defesa civil. As portarias com as liberações dos recursos foram publicadas na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial da União (DOU). Confira aqui e aqui.

O maior repasse – de mais de R$ 1,5 milhão – será para a cidade de Rio Largo, em Alagoas, que foi afetada por chuvas intensas. O recurso será destinado ao restabelecimento das ruas Getúlio Vargas e Manuel Zacarias de Amorim (4 de julho). Cerca de sete mil pessoas serão atendidas.

Mato Grosso do Sul

Em Mato Grosso do Sul, o município de Miranda, atingido por vendaval, terá mais de R$ 213 mil para o restabelecimento das condições de segurança e habitabilidade de unidades habitacionais. Cerca de 26 mil pessoas serão atendidas.

Como solicitar recursos federais

Em todo o País, estados e municípios afetados por desastres e com status de situação de emergência concedido pela Defesa Civil Nacional estão aptos a solicitar recursos para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD, a partir do Plano de Capacitação Continuada em Proteção e Defesa Civil. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos de capacitação.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.