Mais um dia ao lado do povo gaúcho

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, esteve ao lado do povo gaúcho nesta quinta-feira (9). Waldez visitou abrigos, prestou solidariedade às vítimas, entregou doações e sobrevoou áreas alagadas. O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff, estavam presentes.

Até a publicação desta matéria, foram registradas 107 mortes, 134 pessoas desaparecidas, 327.105 desalojadas e 431 municípios afetados pelas chuvas. Até o momento, 397 municípios gaúchos tiveram o reconhecimento federal de estado de calamidade pública decretados de forma sumária. Confira a lista completa aqui.

Pela manhã, o ministro Waldez visitou o abrigo instalado no Ginásio Coelhão, em Guaíba. No local, foram entregues purificadores de água arrecadados após iniciativa da primeira-dama Janja. Ao todo, são 220 unidades com capacidade para purificar cinco mil litros de água por dia.

“Estamos visitando vários abrigos. Atualmente, cerca de 70 mil pessoas estão nessa situação. O cenário é desafiador porque temos que cuidar da alimentação, saúde, higiene pessoal e segurança dessas vítimas”, disse o ministro Waldez. Em Guaíba, 14 mil pessoas estão em 76 abrigos.

A comitiva do Governo Federal ainda participou de reunião do gabinete de crise e, em seguida, foi para São Leopoldo. No município, os ministros também visitaram o abrigo instalado na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e distribuíram mais purificadores.”A falta de água potável nos abrigos é um dos maiores problemas nosabrigos. Com esses purificadores, moradores de Porto Alegre e de todo o estado do Rio Grande do Sul terão água de qualidade”, reforçou o ministro Waldez.

  Como solicitar recursos

Cidades com o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública podem solicitar ao MIDR recursos para ações de defesa civil. A solicitação pelos municípios em situação de emergência deve ser feita por meio Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2Id) . Com base nas informações enviadas nos planos de trabalho, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com o valor a ser liberado.

 Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira aqui

Fonte: MIDR

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *