MIDR: ações de defesa civil e segurança hídrica são apresentadas na Marcha dos Prefeitos

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, participou, nesta quinta-feira (30), do painel “Diálogo com o novo governo”, durante a 24ª Marcha a Brasília em Defesa dos MunicMIDR: ações de defesa civil e segurança hídrica são apresentadas na Marcha dos Prefeitosípios. Góes apresentou ações do Governo Federal nas áreas de proteção e defesa civil, segurança hídrica e desenvolvimento regional e urbano.

Em sua apresentação, Waldez Góes saiu em defesa dos municípios e defendeu o diálogo permanente para que as ações e políticas públicas sejam executadas com celeridade, atendendo as necessidades regionais de cada populações. Segundo ele, os prefeitos têm grande relevância, pois auxiliam na implementação das ações, promovendo a inclusão social e econômica das famílias. “O município é onde as pessoas estão e a vida acontece. A visão municipalista será um dos princípios da gestão do presidente Lula”, reafirmou.

O ministro fez um relato das ações do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), com destaque para a Operação Carro-Pipa (OCP), atendimentos a cidades atingidas por chuvas intensas ou estiagem e para a construção do Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil. Waldez Góes explicou que a OCP está em curso há 20 anos como atividade emergencial e que o Governo Federal trabalha na construção de uma política hídrica permanente para o abastecimento das populações necessitadas. Uma das estratégias, adiantou o ministro, será o relançamento do Programa Água para Todos, previsto para o primeiro semestre deste ano.

Com relação às ações de socorro aos municípios com reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública, Waldez Góes destacou que o MIDR tem agido com celeridade e auxiliado os gestores nas construções dos planos de trabalho para solicitação de recursos para ações de defesa civil, que incluem socorro e assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura destruída ou danificada. No momento, o Brasil tem 1613 municípios com reconhecimento federal de situação de emergência vigente devido a desastres.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *