Para que serve o zinco no nosso corpo? Quando devemos repor?

O zinco participa de uma série de reações enzimáticas que ocorrem no nosso corpo, atua principalmente como coadjuvante no sistema imunológico, produção hormonal, cicatrização e crescimento.

O zinco não é uma vitamina, mas sim um oligoelemento, ou seja, um mineral presente em pequenas quantidades no organismo que atua em diversas reações essenciais. O zinco desempenha um papel importante no sistema imunológico, produção hormonal, cicatrização e crescimento. 

Nos países desenvolvidos, a deficiência de zinco é comum em idosos, veganos, vegetarianos e portadores de doenças crônicas. Ele pode ser encontrado em diversos alimentos, tais como carne vermelha, ovos, mariscos, ostras, fígado e miúdos.

Sintomas: como saber se estamos com deficiência de zinco?

  • Alteração de crescimento;
  • Alteração na função sexual;
  • Alteração de paladar;
  • Dificuldade de cicatrização;
  • Lesões de pele
  • Diminuição da imunidade.

Quem está sob risco da deficiência de zinco?

  • Quem está com diarreia por um período prolongado, pois ocorre a perda do zinco através das fezes;
  • Processos de cicatrização longos, como queimaduras e feridas extensas;
  • Pacientes submetidos a cirurgia bariátrica;
  • Grávidas.

Essas pessoas devem ser avaliadas através de exames de sangue, para possível necessidade de reposição

No entanto, é importante destacar que a reposição de zinco não é recomendada como forma de prevenção ou tratamento de viroses ou para melhorar a imunidade. O uso de suplementos de zinco deve ser feito com orientação médica adequada.

Para mais informações, assista o vídeo no canal Doutor Ajuda.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *