População de Catalão, em Goiás, recebe ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário

A ampliação do SES incluiu a complementação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e a construção de 48 quilômetros de rede coletora e interceptora, de estação elevatória e de mais de 3 mil ligações domiciliares. Foto: Gabriel De Angelis

A cidade de Catalão, em Goiás, aumentou, nesta quinta-feira (14), a capacidade de tratamento de esgoto com a conclus

ão das obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) local. O empreendimento vai atender cerca de 6,5 mil pessoas e contou com investimento de R$ 28,6 milhões.

A ampliação do SES incluiu a complementação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e a construção de 48 quilômetros de rede coletora e interceptora, de estação elevatória e de mais de 3 mil ligações domiciliares.

O secretário nacional de Saneamento substituto do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), André Galvão, afirmou que o empreendimento servirá para deixar Catalão com condições sanitárias de atender mais moradores. “Isso tem um impacto muito importante, não apenas no meio ambiente, pois deixamos de lançar esgotos nos rios, mas também na saúde da população”, destacou.

Segundo o prefeito de Catalão, Adib Elias, a meta de cobertura de saneamento básico deve ser atingida com o novo empreendimento. “hoje, grande parte da cidade precisa contratar os ‘limpa-fossas’ para, todo os meses, irem em suas casas. Com esta estação, vamos levar a cidade a 100% de saneamento”, disse.

Morador da cidade goiana, o operário Ivonaldo Alves, de 36 anos, comemorou a chegada do empreendimento. ” Além de reciclar o esgoto, é bom para a nossa saúde”, comentou.

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.