SC: Defesa Civil Nacional alerta para alto risco de deslizamentos

A Defesa Civil Nacional alerta para o risco de deslizamentos no estado de Santa Catarina, ao longo desta quarta (10) no Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Sul Catarinense. Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) é muito alta a possibilidade de ocorrência de movimentos de massa.

São previstos acumulados de chuva expressivos, acima de 100 mm por dia, podendo atingir até 200 mm pelo mesmo período, somados, ainda, às fortes chuvas já acumuladas e à taxa de saturação do solo, que podem ser suficientes para aumentar consideravelmente a instabilidade das encostas.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) já comunicou as defesas civis estaduais do risco e opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, pede para que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção.

“Após o começo das chuvas, observe os sinais de movimento do terreno, como rachaduras no chão, árvores ou postes inclinados, desníveis ou fendas no terreno, levantamento de piso da residência ou barulhos vindos do chão. Qualquer indício desses pode ser sinal de que um deslizamento está perto de acontecer. Se observar qualquer um desses sinais, saia imediatamente de sua casa e avise a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e os moradores da região”, observou.

Chuvas intensas

A região Sul também está em alerta para chuvas intensas nesta quarta-feira (10). Saiba mais neste link.

Alertas

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando um SMS, com o CEP do local onde mora, para o número 40199. Em caso de desastre, a população receberá um aviso. Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional (@defesacivilbr) e do Instituto Nacional de Meteorologia (@inmet_).

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.