Setor portuário do Brasil cresce na movimentação de cargas

O setor portuário do Brasil movimentou 98,6 milhões de toneladas em abril deste ano. O número represeta um crescimento de 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Estatístico Aquaviário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ).

Esse aumento é impulsionado pela maior movimentação de minério de ferro e soja, com 27,4 milhões e 18 milhões de toneladas movimentadas, respectivamente. O petróleo (óleo bruto) fecha o trio das mercadorias mais movimentadas no mês, com 15,6 milhões de toneladas movimentadas.

Entre janeiro e abril, o setor portuário movimentou 379,5 milhões  de toneladas, um crescimento de 1,91% em comparação com o mesmo período de 2022. A exportação cresceu 4,16% na comparação com o ano anterior. 

O Paraná tem participação neste crescimento. Em maio deste ano, o estado registrou a sua maior movimentação portuária, com mais de 6 milhões de toneladas de cargas movimentadas. Os operadores de portos de Paranaguá e Antonina alcançaram um volume positivo somando produtos de importação e exportação. 

O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, ressalta a importância da movimentação de Paranaguá, que bateu recordes no mês de maio deste ano. 

“Atingimos neste mês de maio mais de 6 milhões de toneladas, aproximadamente 6.200 milhões toneladas de produtos movimentados em sentido de exportação e importação no Portos, muito por conta de nossa eficiência, a eficiência portuária do Paraná ela vem sendo reconhecida pelo mercado. E o mercado tem optado cada vez mais em nossas condições ofertadas. Além também, claro, de uma safra muito boa. Então, o grão favorece e muito esses números, o produto sendo escoado no momento da posição do Brasil no mercado internacional faz com que essas exportações sejam elevadas,” pontua.

Destaque no resultado alcançado pelo Paraná, as exportações no estado cresceram 29% no mês de maio, quando comparada com o mesmo período de 2022. Foram registradas mais de 4 milhões de toneladas exportadas pelo estado neste ano. 

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *