SP: Córrego da Paciência recebe reservatório de amortecimento

Foto: MDR

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta quarta-feira (15), o reservatório de amortecimento do Córrego da Paciência, em São Paulo. A infraestrutura faz parte do conjunto de obras de drenagem urbana sustentável que estão sendo realizadas na região. Nesta etapa, foram investidos R$ 23,4 milhões.

O reservatório de amortecimento é responsável pela retenção dos volumes de água desviados da rede de drenagem principal, quando ocorre a cheia, e os devolve para o sistema, geralmente por bombeamento ou por válvulas controladas, depois de obtido o alívio nos picos de vazão.

“Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Desde a nossa chegada ao MDR, por orientação do presidente Bolsonaro, não tem faltado recursos e nós esperamos brevemente estar concluindo essas obras e que elas sirvam à população”, completa.

Todo o empreendimento de drenagem urbana sustentável do Córrego da Paciência contará com R$ 148,1 milhões de investimento federal, com recursos
do Orçamento Geral da União (OGU), além de contrapartida municipal de R$ 3,5 milhões.

Serão executadas canalização dos córregos Paciência e Maria Paula, implantação de novo sistema viário e paisagismo ao longo do Córrego Paciência, construção de parque linear ribeirinho, remanejamento de interferências, adoção de medidas ambientais, execução da cobertura do reservatório e de microdrenagem, além de avaliação dos resultados e gerenciamento do empreendimento.

Morador da região desde pequeno e presidente da Sociedade Amigos de Vila Confiança, Nivaldo Cardoso comemorou a primeira etapa da obra. “Este córrego era pequeno, a gente brincava dentro dele. A água era limpa, tinha peixe, mas a poluição começou e foi aumentando e isso acabou se tornando um problema em relação às enchentes na região. Mas a construção dessa obra, que começou há dois anos, vai trazer empreendimentos e desenvolvimento para a nossa região”, apontou.

As obras de drenagem urbana sustentável do Córrego da Paciência atendem os bairros de Jaçanã e Tucuruvi, com área de drenagem de cerca de 5,5 km², e, quando prontas, vão beneficiar 48,2 mil famílias da capital paulista.

Investimentos

Desde janeiro deste ano, R$ 457,47 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 1,39 bilhão foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor – contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados – é de 1.166 empreendimentos, somando um total de R$ 42,54 bilhões, sendo R$ 24,97 bilhões de financiamentos e R$ 17,57 bilhões de Orçamento Geral da União.
 

Fonte: Brasil 61

COVID-19: Brasil vacina 80% da população alvo com duas dosesBloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade
Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.