Terra Rica (PR) vai receber recursos federais para ações de defesa civil

Foto: MDR/Divulgação

O Governo Federal vai repassar mais de R$ 30 mil para ações de defesa civil na cidade de Terra Rica (PR). O município foi atingido por fortes chuvas e vendavais.

O recurso será usado na compra de cestas básicas para pessoas afetadas pelo desastre natural. 

Em todo o Brasil, estados e municípios podem solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para ações de resposta a desastres naturais, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública danificada. 

Karine Lopes, diretora de Articulação e Gestão da Defesa Civil Nacional, explica como deve ser feito o pedido. “Para solicitar o recurso, o ente deve ter o reconhecimento federal de situação de emergência ou estado de calamidade pública. Os pleitos devem ser remetidos por meio do S2iD, o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. É importante que todos os municípios estejam cadastrados e com os cadastros atualizados.” 

O S2iD pode ser acessado no endereço s2id.mi.gov.br. Desde o fim de outubro, a Defesa Civil Nacional já repassou mais de um milhão e duzentos mil reais para apoiar os municípios do Paraná atingidos por fortes chuvas na região. Além disso, 15 cidades já obtiveram o reconhecimento federal de situação de emergência.

Também nesta sexta-feira, 19 de novembro, o MDR repassou quase um milhão e duzentos mil reais para obra de contenção de encostas na cidade de Manhuaçu, em Minas Gerais.

Para saber mais sobre as ações de proteção e defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.
 

Fonte: Brasil 61

COVID-19: Brasil vacina 80% da população alvo com duas dosesBloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade
Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.