Valor disponível para linha de financiamento rural em dólar pode ser insuficiente

Na última semana, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou um aumento nos recursos disponíveis para a linha de financiamento rural em dólar com taxa fixa desenvolvida em parceria com o Ministério da Agricultura e Pecuária. Com mais R$ 2 bilhões suplementares, a linha BNDES Crédito Rural na modalidade com referencial de custo em dólar chega a R$ 4 bilhões. O valor, contudo, pode não dar conta da demanda.

O diretor da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e presidente do Instituto Brasileiro de Direito do Agro, advogado Renato Buranello, acredita que mesmo com o acréscimo de recursos, o valor pode ainda não ser suficiente para as necessidades do mercado. “Eu entendo que vai ter muita demanda, então os valores devem ser insuficientes. Mas é um bom começo, e eu acho que ainda a gente vai ter maior possibilidade de aumentar, dada uma demanda que deve se mostrar maior que esse início do programa”, explicou.

A linha de financiamento foi lançada em abril. Para receber o crédito, o agricultor deve possuir receitas em dólar ou atreladas à moeda americana para amenizar riscos cambiais. Essa verificação será realizada pelo agente financeiro. O custo final parte de aproximadamente 7,59% ao ano, mais variação cambial. Os prazos totais vão de 25 a 120 meses, com carência de até 24 meses. 

O diretor da Associação Brasileira do Agronegócio Renato Buranello falou sobre a importância dessa linha de crédito ser atrelada ao dólar pelo potencial agrícola brasileiro para o comércio exterior: “Você tem uma receita esperada em dólar, com referencial em dólar, e você vai ter uma dívida referenciada na mesma moeda, para nós isso realmente é bem eficiente, reduz risco e dá mais segurança ao produtor tomador”, explicou o especialista.

Segundo o Ministério da Agricultura e Pecuária, o objetivo da linha é a aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas, de forma a aumentar a produtividade no campo e ampliar a atualização tecnológica da frota de tratores e colheitadeiras. O protocolo da linha de crédito será aberto nesta terça-feira (16).

Fonte: Brasil 61

Please follow and like us:
Pin Share
Esta entrada foi publicada em notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *